Google Pixel 5: capacidade da sua bateria vai desiludir os fãs

Carlos Oliveira
Comentar

A Google já confirmou o lançamento do Pixel 5 para o outono. Apesar disso, a empresa não avançou mais detalhes acerca do smartphone, o que significa que teremos de basear-nos nas habituais fugas de informação.

Segundo o que está a ser avançado, o Google Pixel 5 virá com uma bateria de apenas 3080mAh. Este é um número bem abaixo das expectativas e que certamente terá efeitos menos positivos na autonomia do smartphone.

-More Information concerning the Google Pixel 5The battery size will be 3080 mAhGoogle believes it can fully optimize a smaller battery similar to AppleThe screen will be QHD+ at 540ppiDepending on Battery performance Google could return to 90hz Refresh Rate

— Jason C - I'm Just Saying (@ImjustSayingJC) 14 de agosto de 2020

Bateria do Pixel 5 aumenta, mas a autonomia deverá baixar

É importante frisar que os 3080mAh do Google Pixel 5 são um crescimento face aos 2800mAh do Pixel 4. No entanto, devido a algumas das novidades esperadas para este smartphone, isto poderá representar um retrocesso na autonomia.

Uma das principais novidades do Google Pixel 5 será a compatibilidade com redes 5G. Esta nova tecnologia consome mais energia que o 4G, portanto, seria de esperar que a Google apostasse numa bateria um pouco maior.

Para piorar um pouco mais o cenário, a mesma fonte afirma que o Google Pixel 5 terá um ecrã com resolução QHD+. Importa ainda relembrar que o seu ecrã deverá ter 6.7 polegadas e uma taxa de atualização de 90Hz ou 120Hz.

Isto significa que o ecrã do Pixel 5 será um dos principais consumidores de energia do smartphone. Por isso, o marginal crescimento da sua bateria, face ao modelo do ano passado, não deverá ser suficiente para melhorar a autonomia do equipamento.

Possíveis especificações do Google Pixel 5

  • Ecrã OLED de 6.7 polegadas QHD+
  • Taxa de atualização de 120Hz
  • Processador Qualcomm Snapdragon 765G
  • 8GB de RAM
  • Bateria de 3080mAh

Uma das principais mudanças operadas no Pixel 5 será a utilização do processador Snapdragon 765G. O abandono dos Snapdragon da linha 800 deve-se à tentativa da Google em vender o seu smartphone por um preço competitivo.

Porém, os últimos dados apontam para um preço de lançamento de 699 dólares. Um valor abaixo do seu antecessor, mas que poderá não ser considerado tão acessível quanto a Google desejaria.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.