Google Pixel 4 tem tudo para (finalmente) chegar a Portugal de forma oficial!

Filipe Alves
2 comentários

O Google Pixel sempre foi uma miragem para a maior parte dos utilizadores portugueses. Contudo, o Google Pixel 4 poderá mudar isso mesmo.

Com a informação que a Assistente Google começa aos poucos a falar português de Portugal, o nosso país poderá ser um dos próximos a receber o novo smartphone da Google.

Google Pixel 4

Google Pixel 4 olhará ainda mais para a sua assistente

A Google sempre disse que a interação com o seu smartphone era melhor com a sua assistente. Certamente por isso mesmo é que o Pixel sempre passou ao lado de Portugal.

A Espanha é um bom exemplo. O Pixel começou a ser mais relevante no país vizinho a nível de marketing da empresa quando a assistente integrou a sua língua.

Depois do Brasil, chega a hora de Portugal

A assistente Google já estava no mercado com português, porém, do Brasil. Assim sendo, com o vídeo que vimos a meio desta semana, e que podes ver abaixo, acredita-se que a sua implementação esteja a escassas semanas para os utilizadores portugueses.

Google assistant português Portugal! @filipeopensador pic.twitter.com/C45PGVKVpG

— Bruno Carneiro (@Bruno_Carneiro4) 2 de outubro de 2019

Curiosamente na mesma altura do lançamento do novo Google Pixel 4 e Pixel 4 XL. A Google poderá então pegar na apresentação do smartphone para nos indicar que a assistente fala finalmente a nossa língua com um sotaque que todos conhecemos e compreendemos perfeitamente (ainda que as novelas da Globo tenham ajudado a perceber melhor o português do Brasil).

Uma hipótese e nada oficial

Contudo, toma em atenção que tudo isto é uma hipótese e nada foi revelado oficialmente. Os novos smartphones Google Pixel 4 serão revelados de forma oficial no dia 15 de outubro e só aí é que teremos uma ideia concreta dos planos da gigante americana.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.