Google Pixel 4 não consegue atingir o topo do ranking da DxOMark

Carlos Oliveira
Comentar

Uma semana depois da apresentação dos Pixel 4, eis que temos o veredicto da DxOMark para a sua câmara.. Esta conhecida plataforma atribuiu uma pontuação global de 112 pontos ao novo topo de gama da Google.

Os Google Pixel sempre primaram pela qualidade das suas câmaras e era com expectativa que se esperava para ver quais os resultados da implementação de uma segunda lente. Contudo, essa adição não permitiu ao Pixel 4 destacar-se como a melhor câmara num smartphone.

Pixel 4 DxOmark

A pontuação obtida pelo Google Pixel 4 permitiu-lhe arrecadar o oitavo posto da hierarquia da DxOMark. A primeira posição continua a pertencer ao Huawei Mate 30 Pro, com uns distantes 121 pontos.

Google Pixel 4 peca pela falta de uma lente grande angular e ToF

Os testes da DxOMark atribuíram uma pontuação de 117 pontos no quesito da fotografia. Esta pontuação fica bem distante dos 131 pontos conseguidos pelo Mate 30 Pro e a plataforma atribui as culpas à ausência de uma lente grande angular e time-of-flight. A ausência da última tem impacto nos resultados de fotos com efeito bokeh.

Ainda assim, o Pixel 4 consegue captar fotografias com uma excelente qualidade tanto em condições de boa luminosidade como em ambientes fechados. Os resultados do seu modo noturno continuam a ser um trunfo para o Pixel 4, bem como o seu zoom.

Pixel 4 é um dos melhores smartphones para vídeo

Apesar de alguns pontos menos bons na fotografia, o Pixel 4 é um dos melhores equipamentos móveis para a gravação de vídeo. Com uma pontuação de 101 pontos, este iguala o Samsung Galaxy Note 10+ 5G no primeiro posto.

O Pixel 4 torna-se assim no primeiro smartphone com definição padrão de 1080p a receber este galardão depois da introdução do 4K. Importa notar que embora o Pixel 4 suporte gravação em 4K, é o Full-HD que vem definido por defeito e isso já suscitou alguma inquietação entre os fãs.

Os seus pontos fortes recaem sobre a boa reprodução de cores, balanço de cores, ausência de ruído e a sua focagem automática. Ainda assim, a DxOMark destaca algumas falhas de detalhe em condições de pouca luminosidade.

Em suma, os Pixel começam a perder terreno para a concorrência pela falta de lentes adicionais. A adição de uma lente de zoom no Pixel 4 permitiu-lhe ser um dos melhores nesse campo.

Contudo, a ausência de uma lente ToF fez com que os resultados em efeito bokeh ficassem aquém da concorrência, que é cada vez melhor. Para o futuro, a DxOMark sugere que a Google adicione uma lente grande angular e uma ToF, se a empresa quiser recuperar o topo do ranking.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.