Google Pixel 3 XL cai no mercado negro meses antes do lançamento

Vitor Urbano
Google Pixel 3 XL mercado negro 4gnews
Grande remessa do Google Pixel 3 XL caí no mercado negro

Tudo indica que a Google poderá estar extremamente incomodada com as mais recentes informações sobre o seu novo Google Pixel 3 XL. Embora seja normal que fugas de informação sobre novos smartphones caía nas malhas da internet. A grande inundação de informação sobre o novo topo de gama parece ser devido a um acontecimento nunca antes visto.

Depois de surgirem várias fotografias e vídeos a mostrar o Google Pixel 3 XL com grande qualidade. Sabe-se agora que estes modelos tiveram origem numa grande remessa de unidades que "caíram" no mercado negro ucraniano.

Vê ainda: Xiaomi Mi A2 tem inscrições abertas para versão beta do Android Pie

Apesar de não se saber ao certo como é que isto veio a acontecer, mas alguém na Ucrânia conseguiu obter uma remessa de dezenas unidades de pré-lançamento do Pixel 3 XL. De acordo com as mais recentes informações, os smartphones acabaram por chegar ao Reino Unido. Onde estão a ser vendidos por 2000 dólares.

Esta é sem dúvida a explicação mais credível para suportar a recente vaga de fotografias e vídeos que têm surgido durante os últimos dias. De acordo com as informações reveladas, parece que todo os negócios estão a ser realizados através de uma conta no Telegram.

Google Pixel 3 XL estreia-se no mercado negro dois meses antes da sua apresentação

Surgiu recentemente uma fotografia que alegadamente apresenta o "monte" de Google Pixel 3 XL que estaria disponível para venda. São mais de 100 caixas do Google Pixel 3 XL que podemos ver na imagem. A 2000 dólares a unidade, se não for apanhado pela polícia, este "senhor" vai ter um excelente retorno do seu negócio ilegal.

Para além do Pixel 3 XL, na mesma conta do Telegram o utilizador está a tentar vender unidades do Google Pixel 2 XL por cerca de 575 euros. Certamente que foram também adquiridas à margem da lei.

Está bem explicito na descrição do anúncio que estas são unidades pré-lançamento. Mas garantem que os Google Pixel 3 XL funcionam exactamente da mesma forma que os modelos a ser lançados no mercado.

Google Pixel 3 XL mercado negro

Claro está, que não aconselhamos de forma alguma a tentativa de contacto com este utilizador. Em primeiro lugar, é um valor ridículo que não é de forma alguma justificado. Em segundo lugar, estas unidades foram obviamente obtidas de forma ilegal. Como tal, comprar qualquer um deles é também um acto ilegal.

Vários segmentos juridícos da Google e da Foxconn já lançaram uma investigação, para tentar descobrir como é que este acontecimento foi possível. Certamente que no final da investigação irão fazer o possível para localizar todos os Google Pixel 3 XL que desapareceram. É também possível que a Google venha a conseguir de certa forma bloquear os dispositivos à distância.

Editores 4gnews recomendam:

Android. Huawei Mate 20 Pro e Mate 20 vão trazer uma excelente surpresa

Nokia X7 será a próxima aposta da empresa nos gama média alta Android

O LG V40 pode chegar para fazer frente ao Huawei P20 Pro

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.