Google Photos passará a armazenar fotos e vídeos na sua qualidade original sem limitações

Carlos Oliveira

google_photos

Se és daqueles que usa muito o smartphone para fotografias e vídeo, certamente que o Google Photos fará parte das tuas aplicações prediletas. Com este serviço a Google oferece aos seus utilizadores um local para armazenar todo este tipo de conteúdo, sem quaisquer preocupações em termos de espaço.

Vê também: Atuais flagships Android podem não funcionar com Daydream VR da Google

Embora muitos não devam ter essa noção, o Google Photos possui mesmo assim algumas limitações. Com efeito, o tão conhecido espaço ilimitado não suporta imagens superiores a 16MP e vídeos com resolução superior a 1080p. Na prática, podes fazer upload de conteúdos superiores aos referidos, só que irás ficar limitado a um certo espaço de armazenamento. Contudo, isso está prestes a mudar.

Com a nova atualização do Google Photos, passará a ser possível guardar qualquer tipo de imagem ou vídeo no serviço sem qualquer limitação de espaço. Desta forma poderás então guardar os teus vídeos em 4K no Google Photos sem preocupações. Com este nova versão será ainda possível filtrar, dentro dos nossos álbuns, fotos por data ou recentemente adicionadas, sem esquecer ainda opções de edição de imagem para contraste e exposição.

Há no entanto a realçar que esta funcionalidade estará, pelo menos para já, limitada aos possuidores de um equipamento Nexus. Ainda assim acredito que dentro em breve esta possibilidade possa ser alargada a outros equipamentos Android.

A versão do Google Photos em que tudo isto passará a ser uma realidade será a 1.21, que ainda não se encontra disponível. Por enquanto a Google ainda não disponibilizou esta atualização através do Google Play, mas se tiveres na tua posse um Nexus poderás desde já fazer uso de tudo isto instalando manualmente a versão 1.21 através da fonte deste artigo.

Talvez querias ver:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.