Google paga 11,6 milhões por recolha de dados indevidos no Street View

Bruno Coelho
Comentar

A Google concordou em pagar 13 milhões de dólares (cerca de 11,6 milhões de euros), na ação judicial coletiva por recolher dados privados das pessoas no seu projeto Street View. Se o acordo for aprovado pelo juiz, termina com um caso que fez correr muita tinta nos tribunais desde 2010.

Esperava-se que um caso deste género custasse à Google bem mais do que “apenas” 13 milhões de dólares. Isto porque a acusação alega que os dados coletados quebram leis federais de escutas telefónicas. Quase 10 anos depois, o caso pode assim ficar resolvido.

Como começou o processo

O Street View é a funcionalidade que te dá acesso a imagens panorâmicas de localizações à volta do mundo, e foi lançado em 2007. A ação legal contra a Google iniciou-se quando esta admitiu que os seus carros faziam mais que fotografar ruas.

A Google admitiu que os carros também coletavam emails, passwords, e outras informações de redes wi-fi em mais de 30 países. A Google chamou a esta prática “um erro”.

O problema é que a investigação deste caso descobriu que a Google desenvolveu software para os carros do Street View, de forma a intercetar os dados desejados entre 2007 e 2010.

Google tem de destruir todos os dados recolhidos

Agora, a Google terá de destruir quaisquer dados coletados indevidamente a partir do Street View. Além disso, terá de concordar em não usar o Street View para coletar dados de redes Wi-fi sem consentimento, e criar páginas e vídeos que ensinem as pessoas a proteger os dados das suas redes.

A Google ainda não se chegou à frente para comentar o caso. A empresa já teria acordado em apagar os dados indevidos em 2013, e apenas seis anos depois isso estará efetivamente em condições de acontecer.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.