Google menciona pela primeira vez a existência do Pixel 4

Carlos Oliveira

Embora a sua existência não parece ser, sequer, uma dúvida, a verdade é que ainda não tínhamos ouvido falar do Pixel 4 por parte da Google. Contudo, isso mudou recentemente, uma vez que o seu próximo topo de gama foi mencionado num comentário de um dos seus funcionários.

O comentário em causa pode ser encontrado na página do projeto AOSP. Aí, um dos engenheiros de software da tecnológica veio falar de uma característica que chegará, em primeiro lugar, ao Pixel 3 e depois ao seu sucessor.

Google Pixel 4 conceito

Daquilo que se percebe, tal tem que ver com uma ferramenta de deteção de erros na memória do smartphone. Enquanto que a funcionalidade em si possa vir a ser importante, tal não é assim tão relevante para o presente artigo.

Google Pixel 4 é mencionado, pela primeira vez, pela Google

O importante a reter é que a empresa de Mountain View já se encontra a desenvolver o seu próximo topo de gama e não tem medo de o dizer. Ademais, tal serve para acalentar as dúvidas - caso existissem - relativamente à designação do smartphone.

Não há muito mais dados que possamos retirar da menção recentemente encontrada no site do AOSP. Visto que ainda faltam alguns meses para a revelação deste topo de gama, é natural que ainda se fala muito pouco acerca do Google Pixel 4.

Pixel 4

Ainda assim, há já quem tente profetizar o design do novo topo de gama da tecnológica norte-americana. As imagens que ilustram o presente artigo retratam um conceito do vindouro Google Pixel 4.

Estas mostra-nos um smartphone com uma filosofia de design fortemente inspirada no novo topo de gama da Samsung. Por conseguinte, vemos um equipamento com um ecrã quase completo, com o cada vez mais famoso "buraco no ecrã".

Caso a Google venha, efetivamente, a lançar o seu Pixel 4 com este design, temos um dispositivo muito mais elegante que o atual Pixel 3. Pode não ser a abordagem perfeita, mas é, por certo, bem mais elegante que a enorme notch que pode encontrar-se no Pixel 3 XL.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.