Google Maps recebe função única para ajudar a poupar dinheiro na autoestrada

Rui Bacelar
Comentar

O serviço Google Maps é uma das melhores soluções para navegação, disponível para Android e iOS. Em breve, receberá uma nova funcionalidade única para quem anda em autoestrada. A novidade ajudará os utilizadores a poupar dinheiro nas viagens.

A par da atual oferta de funcionalidades que permitem melhorar a experiência de viagem e condução, o Google Maps receberá um novo trunfo, cortesia da Google. Na prática, o Google Maps dirá aos utilizadores quanto custam todas as portagens em cada rota.

O Google Maps mostrará quanto custam as portagens em cada viagem

Google Maps portagens autoestrada

A Google está constantemente a aprimorar o seu serviço de navegação com o intuito de o tornar (ainda) mais útil para os utilizadores através da app para Android, iOS, ou da versão Web para computadores. É também uma plataforma para negócios onde podemos encontrar os principais estabelecimentos como, por exemplo, lojas e restaurantes, bem como outras atividades.

No entanto, são as suas funções de navegação que mais utilizadores atraem a este plataforma. Ora, muito em breve, teremos outra novidade extremamente útil a chegar ao Google Maps, a apresentação estimada do custo das portagens em cada rota.

Segundo aponta a publicação AndroidPolice, a par do tempo previsto de chegada, acidentes e outros fenómenos já sinalizados pelo Google Maps em cada percurso, teremos também o custo das portagens a ser apresentado para cada rota.

Saberás quanto terás de pagar em portagens nas autoestradas com o Google Maps

A informação será apresentada automaticamente e, tal como podemos escolher se queremos o percurso mais rápido ou mais económico, por exemplo, também ficaremos a saber quanto é que teremos a pagar por circular nas autoestradas.

Além disso, o Google Maps também deverá reconhecer pontos de cobrança extraordinária. Sejam pontes, portagens eletrónicas, ou qualquer outro ponto onde possamos ter que pagar. Em breve, essa informação será apresentada pela plataforma antes da viagem.

O utilizador poderá assim ajustar as suas expectativas e ter uma previsão dos custos associados à circulação em autoestradas, por exemplo, em Portugal. Portanto, para quem gosta de planear criteriosamente as viagens, esta é uma excelente novidade.

Ótima novidade para planear os custos de uma viagem com o Google Maps

Google Maps

Atualmente esta função ainda está longe de ser uma realidade, mas o seu desenvolvimento está em curso. Portanto, será uma questão de tempo até o cálculo das portagens passar a integrar o Google Maps nas suas apps para Android, iOS e versão Web.

Com efeito, a confirmação do seu desenvolvimento, tal como aponta a fonte supracitada, proveio de um membro da equipa que terá sido encarregue de desenvolver esta novidade. As instruções terão apontado no sentido de implementar esta função de modo simples e intuitivo, indo ao encontro das demais funções já presentes no serviço Google Maps.

Segundo a mesma fonte, o utilizador ficará a saber quanto custará cada portagem, bem como o custo total aproximado do que terá a pagar em portagens para uma determinada viagem. As informações permitirão ao utilizador escolher assim entre um percurso rápido e uma rota mais económica.

A equipa da Google estuda a melhor forma de implementar esta novidade

Tell us you’re running late without telling us you’re running late. 🚗Available now on Google Maps for iPhone: view real time traffic conditions and search for places with new homescreen widgets. pic.twitter.com/EDRMQvo7Ho

— Google Maps (@googlemaps) 11 de agosto de 2021

A equipa da Google estará agora a conduzir investigações e a inquirir sobre a melhor forma de implementar a novidade. Trata-se do primeiro passo para o desenvolvimento deste cálculo e indicação de portagens a chegar futuramente ao serviço.

Importa frisar que atualmente o Google Maps já reconhece as portagens em autoestradas e outras vias não gratuitas. No entanto, os custos específicos em cada autoestrada não são apresentados. Ora, é assim provável que a Google vá buscar outras das ótimas funções do Waze, plataforma que adquiriu em 2013.

Em síntese, os utilizadores terão mais informações ao seu dispor. Desse modo, poderão optar por rotas mais baratas, que vão ao encontro das suas expectativas.

Será mais fácil viajar sem pagar caso esta novidade cumpra a sua função.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.