Google Maps: este homem enganou a aplicação com 99 smartphones

Filipe Alves
2 comentários

O Google Maps é uma das melhores aplicações para te orientares em locais que não conheces. Para além de te dar recomendações de locais a visitar ou as direções concretas para um local, o Google Maps também oferece a possibilidade de indicar o trânsito.

Contudo, um homem desafiou a capacidade do Google Maps ser enganado com 99 smartphones. Simon Weckert pegou em 99 smartphones, ligou-os ao Google Maps e andou com eles num pequeno carrinho. Isto fez com que o Google Maps deduzisse que o trânsito era pior do que a realidade.

Vê o Google Maps a ser enganado por 99 smartphones neste vídeo

Já em certa altura tínhamos explorado este tema. Como é que a Google sabe se existe trânsito em determinado local? Afinal de contas, são raras as vezes que a aplicação de direções da Google está errada.

Pois bem, a resposta é simples. A Google utiliza os smartphones e a sua localização para fornecer essa informação aos seus servidores. Logo após, dá-te uma estimativa de trânsito.

Ou seja, o smartphone que tens no bolso diz aos outros condutores como é que o trânsito está. Por isso é que às vezes indica que está trânsito em determinado local e a única coisa que vais ver é um restaurante popular na berma da estrada.

O que pode o Google Maps fazer para melhorar

Google Maps

Sinceramente não há muito que a Google possa fazer para evitar este tipo de "hack". Pelo menos até que o 5G esteja disponível. Com o 5G a informação será mais rápida e detalhada. Ou seja, é plenamente plausível imaginar que a solução para este problema possa estar a poucos anos de distância. Até lá, temos de nos fiar pelo serviço que nos é oferecido.

Aproveita também para descobrir 12 comandos úteis para usar já com o Assistente Google em português. Vê ainda alguns dos melhores easters eggs escondidos pela Google no motor de busca.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.