Google Lens chegou ao Google Gboard! Vais amar a nova integração

Filipe Alves
Comentar

Se utilizas o Google Gboard como teclado principal, vais adorar saber que o Google Lens já recebeu a integração na última Beta. Ou seja, está mais próximo que nunca da versão final.

Aliás, podes sempre ter já esta versão se não te importas de utilizar uma versão Beta no teu smartphone. Para isso, só precisas de ter as duas Apps no teu telemóvel e está feito.

Como funciona a integração do Google Lens no Google Gboard

Google Lens Google Gboard

A integração é simples. Pelo menos para já. Ainda assim, espera-se que venha a aumentar possibilidades com futuras atualizações de sistema em ambas as aplicações.

Para já, podes simplesmente clicar nos "3 botões das possibilidades" no Google Gboard e lá terás a funcionalidade de "Google Lens". Depois, podes tirar fotografia ao texto (por exemplo) e colar esse texto em qualquer aplicação.

Ou seja, ao tirares fotografia ao texto, a aplicação do Google Lens dá-te a informação em "texto normal" para que o possas partilhar de forma simples e rápida.

Google Gboard está cada vez melhor

Google Lens Google Gboard

Tenho de admitir que fiquei triste quando a Google decidiu retirar a "pesquisa" do Google Gboard, porém, continuamos a ver uma atualização constante da aplicação e integração com outras Apps Ggoogle que vieram simplificar o nosso modo de vida.

O Google Lens é perfeito se vais numa viagem (ainda que agora seja complicado). Para além de conseguires traduzir as informações de forma rápida e simples, tens ainda informações sobre quase tudo o que a câmara vês.

Se ainda não instalaste o Google Lens no teu smartphone, atreve-te a fazê-lo. Vais perceber a razão do nosso entusiasmo pela sua chegada ao Google GBoard.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.