Google impõe-se para tornar os smartphones de entrada mais apetecíveis. Entende

Carlos Oliveira
1 comentário

O mercado de smartphones Android é vasto, mas isso não significa que todos ofereçam a mesma experiência. Os modelos mais baratos e que chegam habitualmente com menores especificações, podem proporcionar uma experiência dolorosa para alguns utilizadores.

Ciente desse problema, eis que a Google toma uma posição para mudar esse paradigma. Todos os novos smartphones com menos de 2GB de RAM estão obrigados a utilizar o Android Go.

Android Go

Android Go passará a ser obrigatório para smartphones com menores especificações

A Google lançou, há uns anos, o projeto Android Go com o intuito de oferecer uma versão mais leve do seu sistema operativo para smartphones mais baratos. Modelos com apenas 512MB de RAM podem tirar partido desta versão, mas nada impedia as fabricantes de lançar esse equipamento com a versão normal do Android.

Pois bem, se aquilo que está a ser avançado pela XDA Developres se confirmar, essa liberdade deixará de existir. Qualquer smartphone com menos de 2GB de RAM terá obrigatoriamente de usar o Android Go como sistema operativo.

Independentemente das razões que levam a Google a tomar esta medida, não podíamos estar mais satisfeitos com ela. Isto faz com que um equipamento desta gama não tenha de ser sinónimo de uma experiência dolorosa.

Quais as vantagens do Android Go

Esta versão do sistema operativo da Google consiste num sistema operativo otimizado para equipamentos com menos recursos. Adicionalmente, conta com aplicações concebidas unicamente para o Android Go que também foram alteradas para correr, o melhor possível, requerendo o mínimo do hardware.

É por estas razões que o Android Go é tão importante para smartphones de entrada. Mesmo com um hardware limitado, o seu software está especialmente trabalhado para trabalhar com menos recursos, cortando funcionalidades desnecessárias.

Outras das vantagens tem que ver com as atualizações de sistema. Por mais irónico que possa parecer, smartphones com Android Go podem vir a ser atualizados durante mais tempo que alguns topos de gama. Um bom exemplo disso é o Nokia 1 que, embora lançado em 2018, foi recentemente atualizado para o Android 10 Go Edition.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.