Google Home Amazon Echo
Google Home é já o gadget com mais vendas no mundo

O mercado das colunas inteligentes dotadas de Inteligência Artificial tem crescido a olhos vistos, tal como nos aponta o mais recente relatório da Canalys. As duas principais propostas deste mercado são a Google Home e a Amazon Echo, oriundas de duas das maiores empresas de tecnologia do mundo.

Foi em 2015 que a gigante Amazon colocou no mercado o seu primeiro Echo. Pode dizer-se que foi a empresa de Jeff Bezos quem criou este novo nicho de mercado. Um no qual os utilizadores estão cada vez mais interessados.

Vê ainda: Lenovo Z5 (ZUK Z5) pode chegar com o leitor biométrico sob o ecrã

Mas não tardou até que a Google entrasse na corrida e trouxesse a sua Google Assistant para a casa dos seus utilizadores. O primeiro modelo da gigante das pesquisas chegou em 2016 e rapidamente se tornou num dos mais apetecíveis do mercado.

Durante muito tempo foi o produto da Amazon quem liderou este nicho de mercado. Por trimestres consecutivos que os vários relatórios de análise de mercado nos atestaram o domínio dos Amazon Echo.

Google Home vendeu mais do que o Amazon Echo, segundo a Canalys

Findo que está o primeiro trimestre de 2018, importa agora saber como se encontra o mercado das colunas inteligentes. Os dados de referência para este artigo são oriundos da Canalys, uma das mais conceituadas entidades de estudo do mercado tecnológico em todo o mundo.

Assim sendo, durante o período entre janeiro e março de 2018 foram vendidas mais unidades dos Google Home do que dos Amazon Echo. Aqui não se fazem distinções entre gerações. São dados que contemplam todos os modelos referentes a estas famílias de produtos.

Este foi o primeiro trimestre, de sempre, em que os produtos da Google se conseguiram superiorizar aos da Amazon. Agora, temos a empresa sediada em Mountain View a liderar mais um nicho tecnológico.

Google Amazon Xiaomi Canalys 1

Neste período temporal foram vendidos um total de 9 milhões de colunas inteligentes dotadas de Inteligência Artificial. Cifra que representa um crescimento de 210% face ao período homólogo de 2017.

Deste universo, 3.2 milhões remetem-nos para os produtos Google Home. Aqui estamos perante um crescimento de 483% face ao mesmo período de 2017. Já os Amazon Echo venderam apenas 2.5 milhões de unidades, representando um crescimento anual de 8%.

Xiaomi já está em quarto lugar neste mercado

Em terceiro desta tabela temos a chinesa Alibaba, com 1.1 milhões de unidades vendidas e em quarto a Xiaomi com a sua recente Xiao AI, que vendeu 600.000 unidades.

Importa ainda fazer menção à Apple e ao seu HomePod. Este não vigora nas primeiras posições desta tabela, fazendo parte dos 1.6 milhões de unidades vendidas de outras fabricantes. No entanto, temos de ter em mente que o mesmo chegou ao mercado a 9 de fevereiro.

Este é o retrato que a Canalys nos entrega sobre o atual estado do mercado das Inteligências Artificiais. Um mercado ainda com pouca expressão em Portugal, muito por culpa de limitações linguísticas.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy Note 9 com Exynos 9810 mostra-nos a sua potência

Android – Nokia apresentará algo novo já na próxima terça-feira

Qualcomm Snapdragon 710 é o primeiro SoC da nova gama Snapdragon 700

Fonte | Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.