Google Gmail: Alguém pode estar a ler os teus emails, literalmente.

Filipe Alves
Google Gmail: Alguém pode estar a ler os teus emails, literalmente.
Mais uma polémica com o Google Gmail

O Google Gmail é um dos serviços de email mais utilizados em todo o mundo. O crescimento da empresa americana e a simplicidade da sua conta de email fez com que o crescimento fosse garantido.

A gestão de spam é também fantástica no Gmail da Google. Se já tiveste um email da Outlook sabes o quão o teu email pode ficar rapidamente poluído com spam, algo que o Gmail sabe identificar de forma incrível. Mas nem tudo é fantástico com o Google Gmail.

Vê ainda: Netflix poderá subir o preço para veres conteúdo em 4K

O Wall Street Journal publicou na segunda feira uma acusação forte. A publicação referiu que a Google estaria a dar o direito aos desenvolvedores de ler o nosso email de forma a "melhorar os seus serviços".

Entenda-se que quando falamos de desenvolvedores nesta altura, estamos a referir a serviços de terceiros. Desenvolvedores que em nada tem relacionado com a Google e que a Google não se responsabiliza.

Google Gmail é seguro mas tens de ter das permissões que dás

Há uns tempos existiu uma polémica porque um algoritmo da Google estava a "ler" os nossos emails de forma a indicar-nos publicidade mais refinada. O problema de agora é bem pior.

Isto porque a partir do momento em que autorizas uma aplicação de terceiros em que cedes a leitura dos teus emails, um desenvolvedor (humano) do outro lado do mundo pode estar literalmente a ler o teus emails.

De acordo com o WST a empresa Return Path chegou a ler mais de 8000 emails de forma a treinar o seu novo algoritmo.

A Google confirmou que realmente existe a possibilidade de tal acontecer, contudo, que todos os desenvolvedores que solicitam tais permissões nas suas aplicações são revistos e passam por várias reviews até que possam solicitar esse pedido.

A diretora de segurança Suzane Frey referiu num comunicado oficial:

"Antes de uma aplicação que necessita de aceder às tuas mensagens ser publicada de forma pública, passa por várias fazes de review. As reviews são automatizadas e manuais. São analisadas todas as políticas de privacidade para ter a certeza que se trata de uma aplicação legítima. A aplicação é também testada para verificar se funciona da forma que é descrita"

O problema aqui é que o desenvolvedor está a pedir permissão para ler os teus emails. O que fazem com eles depois é uma história diferente. Nada garante à Google que os desenvolvedores de terceiros não estão a negociar aqueles ricos emails.

Segue estes tutorial para desativares todas as permissões e terceiros que já não interessam.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Concorrente da Microsoft ao iPad está para breve com preço apelativo

Samsung Galaxy Note 9: Todas as tonalidades do próximo smartphone

Apple: Futuro iPad trará a característica mais cobiçada do iPhone X

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.