Google Gboard prepara uma nova características que vais gostar

Filipe Alves
2 comentários

A Google está a preparar a integração da Google Assistant no teclado Google Gboard. Quem nos diz é a XDA Developers que conseguiu identificar o código na aplicação beta.

De referir que a funcionalidade ainda está a ser implementada. Ou seja, eles conseguiram encontrar o código e ativar as funcionalidades que estão desativas e escondidas. Porém, tudo indica que é a próxima funcionalidade a ser adicionada.

Como funcionará a novidade no Google Gboard

Google Gboard

A ideia passa por uma integração simples da Google Assistant. Terás um pequeno microfone no teclado e poderás ditar a tua mensagem. Depois da mensagem estar escrita, poderás simplesmente dizer "enviar" e está feito. Além disso, terás a possibilidade de "apagar" a mensagem ou "fechar" a aplicação.

Google Gboard

A grande vantagem desta novidade é que não chegará apenas à aplicação de mensagens da Google. Ou seja, visto que a integração é no Google Gboard, a funcionalidade funcionará em todas as aplicações de mensagens.

Esta é uma característica impecável para muitas pessoas que não tem paciência para escrever mensagens (eu), ou então para quem está a conduzir e precisa (mesmo) de responder a uma sms de forma rápida.

Google Gboard

Esperemos apenas que a Google Assistant consiga efetuar esta tarefa com um típico "Ok Google". Posso estar a pedir muito, porém, se temos uma integração da assistant no Gboard é possível que lhe digas "manda uma mensagens a X pessoa no WhatsApp" e a assistente consiga perceber aquilo que queres e tratar de o fazer.

Entretanto, temos de esperar para ver. A Google tem melhorado o Google Gboard recorrentemente. Não é por acaso que é uma dosa teclados mais utilizados no mundo. Seja Android ou iOS.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.