Google Fuchsia ainda não tem um objetivo específico traçado

Carlos Oliveira

Foi durante a Google I/O desta semana que a empresa de Mountain View falou um pouco mais sobre o Fuchsia. Segundo o que disse Hiroshi Lockheimer, chefe do departamento do Android e Chrome, este novo sistema operativo poderá servir vários propósitos.

Muitos têm apontado o Google Fuchsia como o substituo de Android ou do Chrome OS. No entanto, Lockheimer refere que isso não é uma verdade absoluta e que, pelo menos por enquanto, o Fuchsia serve como uma base para o que poderá ser o futuro deste tipo de software.

Google Fuchsia

Segundo o executivo da Google, aquilo que está a ser desenvolvido para o Fuchsia poderá vir a ser incorporado noutros sistemas operativos. Declarações que atestam o quanto experimental é, neste momento, este misterioso sistema operativo da gigante das pesquisas.

Google Fuchsia poderá servir vários propósitos

Enquanto que, por exemplo, o Android funciona bem em smartphones, o Fuchsia poderá vir a servir para outro tipo de dispositivos. O mundo da Internet das Coisas está em clara expansão e a Google não fecha a porta de que este novo SO possa vir a ser utilizado neste nicho de mercado.

Fuchsia

Ao mesmo tempo, a empresa norte-americana não refuta a possibilidade de este novo sistema operativo vir para substituir o Android. Em suma, aquilo que Hiroshi Lockheimer disse na Google I/O é que o Fuchsia ainda é experimental e que o seu destino ainda não está traçado.

O lançamento do Fuchsia também ainda não está definido

Enquanto que algumas fontes apontam para o lançamento do Fuchsia dentro de três ou cinco anos, a verdade é que tal ainda não está definido. A empresa não se sente pressionada para concluir o desenvolvimento deste seu novo produto, portanto, não deixa qualquer pista para o seu lançamento.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.