Google Fotos: as mudanças importantes resumidas em 4 pontos

Rui Bacelar
Comentar

Há seis meses, a Google anunciou uma mudança na política de armazenamento de alta qualidade que permitirá acompanhar a crescente procura por armazenamento e desenvolver o Google Fotos para o futuro. O fim do armazenamento ilimitado gratuito.

Assim, na próxima terça-feira, 1.º de junho, a Google irá começar a implementar essa mudança. A partir de então, todas as novas fotos e vídeos de que os utilizadores façam backup serão contabilizados para os 15 GB de armazenamento gratuitos que vêm com cada Conta do Google. De igual modo, também contarão para o armazenamento adicional adquirido como membro do Google One.

Em seguida damos a conhecer as 4 coisas que devem saber para tornar a transição mais fácil:

1. Fotos e vídeos de alta qualidade pré-existentes ao dia 1 de junho estão isentos destas alterações

Todos os vídeos e/ou fotografias que já estejam guardados em Alta Qualidade até ao dia 1 de junho não contarão para o armazenamento atribuído pela Google. Este conteúdo não será contabilizado para os 15 GB gratuitos para cada conta.

Estas fotos e vídeos continuarão lá guardadas como estiveram até então. Nada se altera para este conteúdo.

2. Cada utilizador terá uma estimativa personalizada de quanto tempo o seu armazenamento gratuito poderá durar

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Para ajudar os utilizadores a saberem o espaço remanescente no armazenamento a Google tem uma boa ferramenta para o efeito. A previsão de tempo de utilização remanescente está presente nas Opções do serviço, dando previsões com base no padrão de uso.

A partir daí poderão ter acesso à estimativa compilada pela Google sobre a duração esperada para o espaço gratuito. Os utilizadores poderão assim ajustar as suas expectativas e tipo de utilização, sendo notificados quando estiverem prestes a atingir o limite.

A Google pretende assim manter os utilizadores informados sobre as condições do serviço. É também uma boa forma de garantir que não ficamos subitamente sem espaço de armazenamento, algo que, por exemplo, poderia afetar o trabalho do utilizador.

Recomendamos o nosso guia para usar a opção de controlo, com o tutorial passo a passo na 4gnews.

3. O Google Fotos passará a ter uma nova ferramenta gratuita para ajudar na gestão da cota de armazenamento

Animated GIF - Find & Share on GIPHY

Há uma nova ferramenta para quem quer continuar a usar gratuitamente o Google Fotos. Trata-se de uma simples opção que nos ajudará a poupar espaço de armazenamento ao identificar conteúdos duplicados e fotos desfocadas que estejam a ocupar espaço.

O utilizador poderá assim agregar esse conteúdo potencialmente indesejado e eliminar o mesmo. Trata-se de uma simples ferramenta de gestão que será apresentada ao utilizador do Google Fotos sob a forma de um novo botão.

Ao pressionar o mesmo "Manage Storage", ou Gerir Armazenamento, o serviço encontrará más fotografias e vídeos. Conteúdo desfocado, duplicado, e outras categorias apresentadas automaticamente com recurso aos algoritmos da empresa.

O serviço apresentará 3 categorias de conteúdo potencialmente indesejado:

  • Fotos desfocadas
  • Capturas de ecrã
  • Grandes fotografias e vídeos

Por fim, com um simples toque de botão, esse espaço ocupado será rapidamente libertado.

4. As opções de armazenamento serão também mais fáceis de entender

A empresa norte-americana está a mudar a nomenclatura de vários menus e botões no seu serviço. Fá-lo com o intuito de simplificar a compreensão dos mesmos e garantir que os utilizadores têm sempre uma perceção clara e correta do seu funcionamento.

Por exemplo, ao definir o tipo de backup das imagens o formato / opção "Alta Qualidade" passará a ser apelidada de Poupança de Espaço ou "Storage Saver", isto uma vez que a qualidade "Original" será a nova "Alta Qualidade".

Efetivamente, ao guardar uma imagem sem compressão, garante-se a maior qualidade da mesma. Por outro lado, mesmo no atual modo de "Alta Qualidade" é aplicada uma ligeira compressão aos conteúdos que resulta numa diminuição da qualidade.

Há mais alterações de nomenclatura a serem gradualmente aplicadas, com a tecnológica a querer tornar mais acessível toda a sua plataforma.

Antes de ires, vê as melhores alternativas a este serviço, com sugestões para diferentes perfis e tipos de utilizador.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.