Google faz compra multi-milionária que pode finalmente revolucionar o WearOS!

Vitor Urbano
1 comentário

Depois dos vários rumores que circularam durante esta semana sobre a possível compra da Fitbit por parte da Google, o negócio foi finalmente oficializado esta manhã. A confirmação foi feita por Rick Osterloh através do blog oficial da Google, revelando que a empresa finalizou a compra da popular fabricante de wearables, Fitbit.

De acordo com informações avançadas pela CNBC, o negócio foi fechado com valores astronómicos de aproximadamente 1,9 mil milhões de euros. Esta aquisição poderá resultar em inúmeros cenários num futuro não tão distante, considerando que a Fitbit conseguiu impor-se como uma das maiores fabricantes neste segmento dominado pelo Apple Watch.

Google Fitbit

Investimento multi-milionário vai resultar numa verdadeira revolução do WearOS

Já há muito tempo que o Apple Watch domina este mercado, muito graças à pouca inovação apresentada pelo sistema operativo da Google, WearOS. Durante muito tempo falou-se na possibilidade de, vermos ser apresentado o primeiro smarwatch desenvolvido pela empresa, o que nunca aconteceu.

Looking forward to working with @parkjames & the really talented team @fitbit, excited about what we can do together! https://t.co/qkWUnrMKVB

— Rick Osterloh (@rosterloh) 1 de novembro de 2019

Na publicação oficial, Osterloh confirma que vão investir ainda mais no desenvolvimento do WearOS e que têm planos para finalmente introduzir produtos wearable com a marca "Made by Google" no mercado. Ainda que não tenha revelado detalhes, é muito provável que estejam a planear o lançamento de um smartwatch e também de uma smartband.

Independentemente do segmento que decidirem apostar primeiro (ou nos dois ao mesmo tempo), podem ter a certeza que terão uma missão bastante complicado. Se por um lado, o Apple Watch domina o mercado dos smartwatches. Por outro lado, a Xiaomi Mi Band 4 domina por completo o segmento das smartbands.

Google garante que irá ter prioridade na segurança de informações pessoais

Durante esta transição, a Google garante que as informações pessoais dos utilizadores de produtos Fitbit irão estar 100% seguras. Além disso, garantiram ainda que nenhuma informação será utilizada na base de dados utilizada para a apresentação de publicidades Adsense.

Por fim, Osterloh revelou ainda que os utilizadores que tenha produtos Fitbit irão poder rever os termos e condições, assim como apagar ou mover as informações registadas até à data.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.