Google eliminou mais de 2 mil milhões de más publicidades da sua plataforma em 2018

Vitor Urbano
14 Março, 2019

Durante 2018, a Google conseguiu interceptar e eliminar mais de 2 mil milhões de blocos publicitários que não cumpriam com os seus termos e condições. Ainda que este número seja impressionante, apresenta um decréscimo de 28% quando comparado com 2017. Esta é uma das provas de que as estratégias da empresa estão a refletir-se em resultados.

Um dos principais destaques em 2018 foi a forma pró-ativa com que a Google abordou este problema na sua extensa plataforma de publicidade. Através do grande investimento de recursos e antecipação. Conseguiram fazer com que a grande maioria das publicidades inapropriadas eram removidas antes de afetar consideravelmente a experiência dos utilizadores.

Google Ads 2 mil milhões

Além disso, destacaram-se também as novas tecnologias de machine learning que a empresa continua a desenvolver. Estas tecnologias ajudaram a identificar e terminar de forma autónoma mais de 1 milhão de contas. É importante realçar que este número duplicou desde 2017.

Google continua a melhorar a qualidade da sua vasta plataforma de publicidade

O que mais surpreendeu nas novas conquistas da Google neste segmento foi a capacidade de eliminar anúncios e respetivas contas que não quebravam as suas regras. O que realmente infringia as regras eram as respetivas landing pages, que muitas vezes eram utilizadas em fraudes.

Ainda mais, a Google colaborou com a empresa de segurança cibernética White Ops e o FBI numa operação que desmantelou uma operação de fraude internacional. Esta rede ilegal acabou por afetar milhões de utilizadores em todo o mundo.

Por fim, durante o ano passado vimos a empresa de Mountain View remodelar os seus termos e condições no que respeita à publicação de blocos de publicidade. Ao adicionar um total de 31 novas cláusulas, a empresa conseguiu abranger uma vasta lista de publicidades impróprias relacionadas com revenda de bilhetes, criptomoedas, entre outros.

Por isso, tem muito cuidado quando vês um anúncio do Google Ads que te pareça suspeito. Lembra-te que desde a implementação das novas regras, foram eliminados quase 60 milhões de anúncios que promoviam sites fraudulentos que tinham como objetivo roubar informações dos utilizadores.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.

Mais na 4gnews

Google apresenta Stadia: Não é uma consola, é algo bem maior!
Nvidia revela uma tecnologia de edição de imagem que mais parece do futuro (vídeo)
Reparar o ecrã do Galaxy S10 custa quase tanto como comprar um novo
Free Fire: 6 curiosidades do jogo mais popular da Google Play Store
Vídeo de hands on do Galaxy Fold mostra vinco no ecrã
Vivo X27 e X27 Pro foram lançados e têm ecrãs fantásticos

Artigos que não podes perder

Como encontrar o telemóvel Android com a ajuda do Google
15 imagens peculiares captadas pelas câmaras do Google Maps
Os smartphones com os melhores processadores - Outubro 2018
Os melhores tablets e como escolher o modelo certo em 2018
Guia essencial para seguir encomendas: sites, apps e dicas
Os 13 melhores emuladores Android para correr jogos e apps no computador