Google e Facebook tomam medidas radicais face à pandemia de Covid-19

Bruno Coelho
Comentar

Face à pandemia de Covid-19, as grandes empresas que podem manter os seus funcionários a trabalhar a partir de casa continuam a dar o exemplo. Segundo o The Information, os funcionários da Google poderão trabalhar em casa até ao final de 2020.

É bom recordar que anteriormente a Google já tinha colocado os seus funcionários a trabalhar remotamente até 1 de junho. Com essa data a aproximar-se, a empresa liderada por Sundar Pichai, decidiu estender esse prazo por mais seis meses.

Esta quarta-feira o Facebook tomou o mesmo género de medida. Os funcionários da rede social mais poderosa do mundo também irão continuar a trabalhar a partir de casa até ao final deste ano.

Sundar Pichai afirmou que os funcionários que tenham mesmo de ir ao escritório vão regressar em junho ou julho. No entanto, estão prometidas grandes precauções e funcionamento diferente do habitual.

Estas são medidas radicais, mas que as duas empresas tomam para poder proteger os seus funcionários. Certo é que depois destes passos, mais empresas do género deverão seguir estes exemplos.

Editores 4gnews recomendam:

  • Fiat tem um carro elétrico que é melhor que os Tesla para a cidade!
  • Xiaomi Black Shark 3 à venda na Europa. Preço fantástico e especificações de sonho
  • iPhone 12 pode chegar com uma surpresa capaz de o tornar mais barato
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt