Google desmente qualquer intenção de começar a cobrar pelo Android

Carlos Oliveira
6 Janeiro, 2019
Google Android
O futuro do Android permanece incerto

Há poucos dias surgiu a informação de que a Google poderia começar a cobrar pela utilização do Android. Para ser mais específico, esta decisão recairia sobre as fabricantes chinesas e mudaria por completo a panorama deste sistema operativo de código aberto.

Perante tal informação, a publicação BGR rapidamente solicitou à gigante norte-americana um comentário. Aí a Google quis sossegar o mundo adiantando que não possui qualquer intenção de cobrar às fabricantes pelo Android.

Vê ainda: Cuidado: Confirma que não tens estas 6 aplicações Android com Spyware

A resposta que a gigante de Mountain View deu a esta publicação foi que o tweet em causa não é verdadeiro. Ainda assim, é um comentário que irá levantar muitas dúvidas no seio da comunidade que segue atentamente estes assuntos.

Google diz que o tweet feito na sua conta Android é falso

Importa então contextualizar um pouco mais toda esta temática. Todo começou com uma publicação na página oficial do Android na rede social Twitter. Aí, foi referido que mais para o final deste ano a Google passaria a cobrar às fabricantes chinesas pelo seu sistema operativo.

Esta informação rapidamente havia sido apagada dessa mesma página, mas não sem antes o repositório SlashLeaks a ter espalhado pelo mundo. Tendo em conta a origem desta informação todos deram este dado como oficial.

No entanto, a empresa norte-americana vem agora desmentir a veracidade deste tweet. Nesse caso, qual será a origem da imagem que podes ver acima? Terá sido um erro de algum dos seus funcionários? Terá sido uma montagem de alguém mal intencionado? Provavelmente numa o saberemos.

Qual a origem de toda esta temática?

Desde a sua génese que o Android tem sido um sistema operativo gratuito para todas as empresas que o queiram adotar. A Google consegue fazer tal visto que grande parte das suas receitas provêem da sua pesquisa e do seu navegador Chrome.

No entanto, tudo isto poderá mudar depois da multa aplicada pela União Europeia à Google. Este órgão de soberania ajuizou que a gigante das pesquisas estaria a praticar abuso de poder ao obrigar as fabricantes a instalar os seus serviços nos smartphones Android. O resultado foi uma histórica multa de 5 mil milhões de dólares.

Por consequência, a Google teria de mudar um pouco a forma como distribui o Android. Uma das possibilidades levantadas foi precisamente começar a cobrar às fabricantes pelo uso dos seus serviços.

Em síntese, as fabricantes terão de começar a pagar de forma individual por cada aplicação Google instalada nos seus smartphones. Ainda assim, a possibilidade de pagar pelo Android em si parece continuar fora de questão.

Editores 4gnews recomendam:

Smartwatch: Precisamos urgentemente de um relógio Google

Apple ataca Google e Alexa em publicidade gigante em Las Vegas

Apple iPhone XI: Vídeo mostra design inspirado no Huawei Mate 20 Pro

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.

Mais na 4gnews

Google Play Store: 18 Apps e jogos Premium que estão agora Grátis
Google Play Store nova versão da APK disponível para download
Opera para Android já te dá uma VPN grátis (download APK)
iPhone de 2020 pode ter processador com nova tecnologia
Xiaomi é a exceção à regra e cresce seriamente em 2018
Apple AirPods 2 revelados de forma oficial! Chegou o carregamento sem fios

Artigos que não podes perder

Como encontrar o telemóvel Android com a ajuda do Google
Os smartphones com os melhores processadores - Outubro 2018
CTT: como fazer desalfandegamento online de encomendas em 3 passos!
10 Dicas da Huawei para tirar melhores fotos com o Smartphone
Os 13 melhores emuladores Android para correr jogos e apps no computador
Descobre 10 produtos Xiaomi que valem a pena comprar