Google continua a sua guerra contra a aplicação da AnTuTu

Carlos Oliveira
Comentar

As relações entre a Google a AnTuTu enfrentam uma fase menos boa depois de a aplicação da primeira ter sido removida da Play Store. Depois desta decisão, a gigante americana toma nova medida para impedir a instalação desta aplicação no Android.

Alguns serviços da Google estão agora a desencorajar a instalação da app do AnTuTu nos smartphones com Android. Essas mensagens podem ser vistas tanto no Play Protect, como no Google Chrome.

Play Protect e Chrome estão a bloquear a instalação da app da AnTuTu

O Play Protect é uma ferramenta desenvolvida pela Google para impedir que aplicações com malware sejam instaladas no teu smartphone. Para isso, esta ferramenta faz uma análise a todas as apps que instalas, para perceber se ela é segura ou não.

Quando se tenta instalar a aplicação do AnTuTu, é mostrado um aviso desse mecanismo alertando-nos para um rastreamento dos utilizadores. Uma mensagem que certamente fará muitos pensar duas vezes antes de a instalar.

Google AnTuTu
Créditos: Android Police

Já aqueles que usem o Google Chrome para se dirigir à página de download da AnTuTu, recebem um aviso de que a página em questão poderá conter aplicações maliciosas. Mesmo assim, o browser não se coíbe de replicar a mensagem apresentada pelo Play Protect.

Em ambos os casos, isto não parece impedir totalmente a instalação da aplicação, mas poderá ser suficientes para demover muita gente. Em especial aqueles que estão menos à vontade com estas lides.

Perante este cenário, ambas as empresas já foram contactadas, mas nenhuma prestou esclarecimentos. Fica, por enquanto, por perceber se estes avisos têm razão de ser ou se representam apenas mais um capítulo da "guerra" entre as duas.

Qual a razão desta "guerra" entre a Google e a AnTuTu

Tal como já referi, tudo começou quando a Google decidiu remover a app da AnTuTu da loja de aplicações Play Store. Tudo porque a americana alega que a app de benchmarks pertence ao grupo Cheetah Mobile.

Isso foi razão para o seu banimento porque o grupo chinês violou repetidamente as regras da loja de aplicações do Google. Depois de receber um aviso pela prática de lançamento de aplicações com malware, spyware e outros, e empresa continuou a fazê-lo.

Posto isto, a AnTuTu já veio esclarecer que o grupo Cheetah Mobile tem realmente uma participação na empresa, mas nunca se envolveu no desenvolvimento da aplicação. Todavia, isso não foi suficiente para demover a Google.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.