Google consegue finalmente fechar o YouTube Vanced

Rui Bacelar
Comentar

O YouTube Vanced cessará todas as operações nos próximos dias. A alternativa à aplicação oficial do YouTube da Google foi finalmente vencida pela tecnológica norte-americana, representando uma perda para a comunidade de utilizadores.

A Vanced era a alternativa ideal para quem queria fugir aos anúncios e publicidades do YouTube, ou continuar a usar algumas das funcionalidades gradualmente removidas ou alteradas pela Google como, por exemplo, o botão de "Dislike", ou "Não gosto".

É o fim da alternativa ao serviço YouTube Premium

Vanced has been discontinued. In the coming days, the download links on the website will be taken down. We know this is not something you wanted to hear but it's something we need to do. Thank you all for supporting us over the years.

— Vanced Official (@YTVanced) 13 de março de 2022

O YouTube Vanced pode ser descrito como uma aplicação similar ao YouTube, mas com algumas modificações para dar mais liberdade aos utilizadores. Entre estas, a mais cobiçada é a possibilidade de bloquear as publicidades, reprodução em segundo plano, entre outras possibilidades que não obrigavam ao pagamento da subscrição mensal.

A plataforma e app Vanced é gratuita, para download e para uso de todas as suas funções o que resultou num crescimento rápido em vários países como em Portugal. Seja para voltar a usar os botões de "Dislike", ou para evitar as publicidades, as razões para usar a Vanced em detrimento da app convencional do YouTube são óbvias.

Infelizmente, está na altura de nos começarmos a referir à app Vanced no passado uma vez que o seu fim está à vista. O anúncio foi feito pelos responsáveis pela plataforma no passado domingo (13) através do canal oficial do projeto na plataforma Telegram.

Ordem judicial põe termo à aplicação do YouTube sem anúncios

Here are some alternatives to Vanced: https://t.co/wSfFoYlcfY

— Vanced Official (@YTVanced) 13 de março de 2022

Acima podemos ver uma das últimas publicações no perfil de Twitter oficial do projeto, recomendando já o YouTube Premium, possivelmente para evitar mais disputas legais. Notamos também que no website da empresa as referências ao YouTube foram removidas, provavelmente com a mesma ratio.

O término das operações e encerramento do serviço resulta da mais recente investida da Google contra diversas "alternativas" não oficiais às suas plataformas. Era, com efeito, uma questão de tempo até que a aplicação YouTube Vanced surgisse nos radares do departamento legal da empresa, com o seu fim agora decretado.

Em simultâneo, também alguns web clients como, por exemplo, Bots de Discord para reprodução de música que usam o YouTube como fonte receberam a mesma ordem judicial para terminar as operações. Em causa estão alguns dos melhores bots de música para o Discord como a Groovy e a Rythm.

As versões atuais continuarão a funcionar, mas ficarão desatualizadas

Currently installed versions will work just fine, until they become outdated in 2 years or so.

— Vanced Official (@YTVanced) 13 de março de 2022

Assim, em suma, apesar de ter um apelo inegável, a Vanced contornava as regras de distribuição e proteção de conteúdos alojados no YouTube. Como tal, este desfecho não se afigura de todo surpreendente.

Por fim, continuam a existir algumas aplicações que podem ser usadas para a mesma finalidade como, por exemplo, a NewPipe, entre outras. Note-se ainda que atualmente é possível descarregar a app YouTube Vanced no website do projeto.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com