Google prepara-se para levar outra multa gigante da Comissão Europeia

Filipe Alves

Google prepara-se para levar outra multa gigante da Comissão EuropeiaPodemos dizer que a Google a Comissão Europeia não estão nos melhores termos. A empresa de Mountain View foi recentemente castigada pela Comissão Europeia com uma multa que bateu recordes e parece que a história não acabará aqui.

Recentemente falou-se que a Google continuava a ter acesso à localização dos utilizadores mesmo depois dos mesmos desligarem a localização do seu smartphone. Embora a localização do seu equipamento não fosse emitida, aplicações como a "Pesquisa Google" e o "Google Maps" continuavam a ter acesso a essa informação.

Vê ainda: Samsung Brasil “mete água” em publicidade ao Galaxy A8

Uma atitude um pouco imoral. Afinal de contas, se o utilizador não quer a localização ativa por alguma razão é.

Estou seriamente impressionado como é que isto é novidade para alguém. Já há muito que reclamava sobre este problema. Como vivo no Reino Unido, mesmo tendo o meu smartphone em português, a pesquisa Google é-me fornecida em base na minha localização.

Google precisa de ser mais clara com a Comissão Europeia e com os seus utilizadores

Em certas alturas queria a minha pesquisa com resultados portugueses como se vivesse em Portugal. Teoricamente bastaria desligar a localização do smartphone, ir a Google.pt e fazer uma pesquisa. Contudo, mesmo assim, continua a ter resultados ingleses baseados no local onde vivia.

Google processada homens brancos
A gigante tecnológica foi hoje processada. O caso passa-se nos Estados Unidos da América

Tenho de, logo de seguida, ir às definições de pesquisa e aí mudar a minha localização para Portugal. Algo um pouco questionável visto que tinha acaba de desligar a minha localização.

A empresa americana confirmou que continua a colecionar data para determinadas aplicações e que está a criar uma nova forma de explicação nas aplicações indicando os "quês e porquês".

A Comissão Europeia não está propriamente feliz com a atitude da gigante americana. O GDPR é cada vez mais importante e as empresas tem de informar os seus utilizadores indicando exatamente para onde é que a sua informação vai. Escusado será dizer que a Comissão Europeia não concorda com a ideia de desligares a localização e mesmo assim dares informações à Google sobre a tua posição.

Este é mais um processo que vai dar que falar e é mais uma novela que vamos seguir de forma atenta.

A Google tem os melhores serviços que podes encontrar, acredito que seja uma afirmação que todos podemos concordar. Porém, está longe de ser clara com os utilizadores e todas as informações que recebe deles. Algo que não pode acontecer na União Europeia depois do GDPR.

Editores 4gnews recomendam:

Samsung Galaxy A4 será a nova adição à gama ‘A’

Assim poderá ser o primeiro smartphone dobrável da Samsung

Twitch prepara ataque ao YouTube, aliciando criadores de conteúdo

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.