Google começará a cobrar a Huawei, Xiaomi e ZTE pelo sistema Android

Filipe Alves
3 Janeiro, 2019

Google começará a cobrar a Huawei, Xiaomi e ZTE pelo sistema AndroidFabricantes como a Huawei, Xiaomi e ZTE começarão a ter de pagar a utilização do sistema Android da Google já no final deste ano.

Se segues as notícias de tecnologia na 4gnews sabes que a Google perdeu no tribunal Europeu e viu-se obrigada a cobrar as aplicações Google no sistema Android às fabricantes.

Vê ainda: Super Meat Boy está gratuito na Epic Games por tempo limitado

Ou seja, para que percebas um pouco do que se passa, tens obrigatoriamente de perceber o contexto. O Sistema Android é livre, porém, se os fabricantes são obrigados a utilizar as aplicações Google nos seus smartphones. Ou seja, o Chrome, pesquisa Google, ou até o Fotos já chegam pré-instalados em todos os smartphones Android.

Huawei, Xiaomi e ZTE foram as referidas no tweet da conta "Android" da Google

Não há forma dos fabricantes terem de forma oficial o sistema Android sem estas aplicações. Aliás, a empresa americana referiu 3 possibilidades face a esta situação:

  • Exigir aos fabricantes pré-instalarem a aplicação de pesquisa do Google e o navegador Chrome como condição para o licenciamento da Google Play
  • Pagar a determinados fabricantes de grande porte e operadoras de redes móveis que pré-instalassem exclusivamente a aplicação de pesquisa do Google nos seus smartphones
  • Os fabricantes que se recusassem a instalar as aplicações da empresa teriam uma versão diferente "forked" do sistema Android.

Na visão da União Europeia nenhuma destas soluções é válida. Assim sendo, a Google viu-se obrigada a cobrar às fabricantes que quisessem instalar os serviços Google nos seus smartphones.

Ainda que inicialmente isto vá acontecer, fará também que os fabricantes comecem a desenvolver mais as suas lojas de aplicações ou a fechar acordos com outras lojas, como por exemplo o Aptoide.

Esta é a oportunidade para o Aptoide brilhar

Pois bem, esta decisão começará já em 2019 e os fabricantes que queiram utilizar o sistema terão mesmo de pagar. Um tweet da conta "Android" referiu que a "Huawei, Xiaomi, ZTE e outras fabricantes terão de começar a pagar pelo sistema já no final do ano".

O tweet foi de seguida apagado, porém, deu-nos a informação de quando é que as coisas poderão começar a mudar.

Em conclusão, só nos falta saber até que ponto é que os fabricantes aguentarão pagar por esse licenciamento. Falta-nos também saber se smartphones que sejam vendidos fora da União Europeia estarão incluídos.

A Huawei, Xiaomi e ZTE já tem a sua loja pronta. Só falta convencer os desenvolvedores a começarem a publicar lá as suas aplicações e fazer da loja de Apps mais viável para o nosso mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Samsung Galaxy M20: Sabe mais sobre o concorrente aos Redmi

A Apple quer muito que pares de reparar o teu iPhone!

Pocophone F2: Render revela o possível design do equipamento

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.

Mais na 4gnews

Google Play Store: 18 Apps e jogos Premium que estão agora Grátis
Google Play Store nova versão da APK disponível para download
Opera para Android já te dá uma VPN grátis (download APK)
iPhone de 2020 pode ter processador com nova tecnologia
Xiaomi é a exceção à regra e cresce seriamente em 2018
Apple AirPods 2 revelados de forma oficial! Chegou o carregamento sem fios

Artigos que não podes perder

Como encontrar o telemóvel Android com a ajuda do Google
Descobre 10 produtos Xiaomi que valem a pena comprar
10 Dicas da Huawei para tirar melhores fotos com o Smartphone
5 Dicas para ter sucesso no Ultimate Team do FIFA 19 sem gastar dinheiro!
CTT: como fazer desalfandegamento online de encomendas em 3 passos!
Onde comprar Xiaomi? As lojas online e físicas com os preços mais baixos