Google Chrome prepara-se para dar mais autonomia aos seus utilizadores

Carlos Oliveira
Comentar

Quem usa o Chrome sabe que o browser consome muitos recursos do equipamento onde está instalado. O consumo exagerado de recursos leva, inevitavelmente, a um maior consumo de energia, algo também potenciado pelos anúncios exibidos.

Recentemente, a Google revelou que irá começar a bloquear anúncios que exigem demasiados recursos. Ao limitar aquilo que estes podem exigir do teu smartphone ou computador, isto irá naturalmente traduzir-se numa maior autonomia.

Chrome irá limitar os recursos usados pelos anúncios

Existem vários tipos de anúncios, sendo que alguns exigem mais do equipamento que outros. Casos como os anúncios de mineração de criptomoedas são mais prejudiciais, pois requerem mais do processador e consomem mais tráfego de dados.

Depois de vários estudos, a Google finalmente chegou a uma conclusão no que considera ser o consumo de recursos aceitável para um anúncio. Com base nas suas conclusões, será permitido apenas o consumo de 4MB de tráfego ou 15 segundos de utilização do processador, a cada 30 minutos.

Ultrapassados estes limites, os anúncios em causa serão bloqueados e o utilizador notificado. Nesses casos, passarás a ver a mensagem abaixo no local onde é exibido o anúncio.

Google Chrome

Naturalmente, ao exigir menos do hardware do teu PC ou smartphone, terás mais energia para outras tarefas. Seja em que caso for, mais autonomia é sempre bem-vinda.

Quando chegará a novidade aos utilizadores

A Google esclarece que ainda demorará algum tempo até que liberta a atualização com esta mudança de política. Segundo ela, só no final de agosto é que será libertada a atualização.

Esta demora tem como objetivo dar mais tempo aos criadores de anúncios para se adaptarem às mudanças. O objetivo primordial da Google é que todos tenham a melhor experiência possível.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.