Google Chrome para iOS recebe reforço de privacidade com o Face ID e Touch ID

Rui Bacelar
Comentar

Em fevereiro surgiram as primeiras pistas na versão beta do Google Chrome para iOS, sendo então possível bloquear os separadores do modo Incógnito através do Face ID ou Touch ID. Agora, por fim, esta opção chegou à versão estável para iPhone e iPad.

Apelidada de "Device Authentication for Incognito", a função começa agora a ser globalmente distribuída pela Google. Entretanto, qualquer utilizador interessado pode ativar a função, para teste, através de alguma passos relativamente simples.

Google Chrome com boas novidades para a privacidade no iOS

Google Chrome

Encontrarão tal opção, antes mesmo da nova versão estável chegar aos iPhone e iPad, na secção Experimentos do Google Chrome. É nesta área que a tecnológica colocou algumas funções funcionais de opções que estarão presentes em futuras atualizações.

Importa ainda frisar que ao ativar esta opção o utilizador receberá uma mensagem de aviso informando-o da possibilidade de "perder alguma informação do browser, ou poder comprometer a sua segurança, ou privacidade".

Ironicamente, a função que assim poderão testar vem melhorar a privacidade do utilizador no iOS, sendo o aviso apresentado automaticamente sempre que se ativam funções experimentais.

Apple
Menu das "flags" do Chrome para ativar a nova opção no iOS.

Usa o Touch ID ou Face ID para aceder aos separadores no modo Incógnito

  • Descarrega, ou verifica, a existência da mais recente versão do Google Chrome no teu dispositivos iOS / iPad
  • Abre o Chrome e insere na barra de pesquisa / endereços: chrome://flags
  • Localiza a aba "Experiências" ou Funções Experimentais. Cola aí o seguinte texto no campo de pesquisa: Device Authentication for Incognito
  • Alterar a definição de estado de Predefinição (Default) para ativo (Enabled)
  • Fechar e reabrir o Google Chrome. Agora, voltar a abrir o Chrome, aceder às Definições, ir até Privacidade e ativar a opção "Enable Lock Incognito Tabs" que será apresentada.

Assim que a função experimental estiver ativa, o utilizador pode bloquear o acesso aos separadores anónimos no Chrome através dos meios supracitados. Desse modo, só após se ter autenticado via Face ID ou Touch ID é que tais separadores serão apresentados após ter fechado o Chrome e voltado a entrar no mesmo.

É, acima de tudo, um reforço da privacidade, garantindo que apenas o utilizador pode conceder acesso a tais conteúdos. A função deve chegar a todos os utilizadores do Chrome no iOS nos próximos dias ou semanas.

A verificação biométrica ao serviço da privacidade no iOS

Apple iOS

Até lá podem assim testar e usufruir desta opções que acabam por reforçar a privacidade do utilizador. A função pretende assim melhorar a experiência de navegação na web e garantir o respeito pela privacidade do utilizador em iOS.

A qualquer momento também podem desativar a opção. Basta aceder às definições do Chrome - Privacidade - e aí desativar a opção em causa.

Trata-se, por fim, de um pequeno truque, mas bem capaz de demonstrar a importância e utilidade dos serviços de biometria, verificação e autenticação já presentes nos iPhone da Apple.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.