Realidade Virtual (HTC) - Virtual Reality

Quando nos encontrava-mos a poucos dias da edição de 2016 da Google I/O, rumores surgiram de que a Google estaria a desenvolver os seus próprios óculos de Realidade Virtual independentes de qualquer outro dispositivo.

   

Vê também: Asus Zenfone 3 Laser e ZenFone 3 Max anunciados oficialmente

Mais ainda, chegou a ser equacionado que os referidos óculos poderiam vir a ser denominados de Android VR e que seriam introduzidos na conferência anual da empresa. A verdade é que nada disto se concretizou e ao invés foi apenas apresentada a Daydream, a plataforma da Google para a Realidade Virtual.

Mas se a não concretização dos rumores da altura te deixaram um pouco reticente, as novidades de hoje deitam praticamente por terra as esperanças da chegada do equipamento falado. Segundo os rumores que correm hoje os canais habituais, a Google terá cancelado o desenvolvimentos dos seus óculos VR independentes.

Por enquanto não foram adiantadas razões especificas para esta decisão mas é importante referir que isto não coloca, de forma alguma, um ponto final na incursão da Google pela Realidade Virtual.

Os planos na empresa de Moutain View para a Daydream mantêm-se, significando que mais lá para o outono continua prevista a chegada dos primeiros óculos desenvolvidos pela Google especificamente para a Daydream, mas lá está, dependentes de um smartphone com suporte à tecnologia em causa.

Aqueles que poderiam ser os principais rivais diretos aos HTC Vive e Oculus Rift estão assim praticamente fora de jogo, estando agora as atenções viradas para outra eventual tecnológica que pretenda fazer frente a estes pesos pesados. Quanto ao futuro da Google pelo mundo da Realidade Virtual, as esperanças estão agora focadas na Daydream e na esperança de que a empresa consiga desenvolver algo interessante.

Talvez queiras ver:

 

Viaandroidandme
Fonterecode
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.