Google Assistant pode apertar os atacadores das tuas NIKE Adapts

Filipe Alves
Comentar

A Google lançou novidades relevantes para a sua Google Assistant. Agora a inteligência artificial que é uma autêntica assistente para o teu quotidiano, poderá até (se quiseres) apertar os atacadores das tuas Nike Adapts.

Esta funcionalidade só acontece porque a Google Assistant permite agora interação dentro de aplicações. Ou seja, poderás mandar um Tweet simplesmente dizendo "Hey Google, abre o Twitter e manda um Tweet a dizer X".

Vídeo mostra como funciona a Google Assistant com as Nike Adapts

O rápido vídeo do pessoal do 9to5Google mostra-nos como funciona a funcionalidade. O utilizador diz à Google Assistant para abrir a aplicação da Nike e apertar os atacadores a 100%. Logo depois do comando, a Google faz o resto. Consegues ver o telemóvel a interagir como se alguém lhe tivesse a tocar.

Esta não é propriamente uma novidade no mundo tecnológico. Aliás, a primeira assistente a trabalhar desta forma ainda foi a BixBy da Samsung. Isto é, entrar nas Apps e executar tarefas solicitadas por voz.

Contudo, é bom ver que a Google não desistiu da sua assistente. Já há muito que não tínhamos mudanças tão drásticas na Google Assistant e ficamos felizes por ver esta evolução a acontecer de forma natural.

Google Assistant está cada vez melhor

Não só a Google Assistant para o teu smartphone mudará como também a da Google Home. Além desta novidade (de entrar nas Apps), a Google também revelou uma nova voz para a tua assistente. Uma voz mais natural e percetível.

Em suma, as mudanças ainda não chegaram a todos os utilizadores e se tens a Google Assistant em português não verás estas mudanças tão cedo. Assim sendo, se o Inglês não é um obstáculo, mais vale mudares de língua no smartphone ou na Google Home para que vejas as mudanças assim que cheguem à aplicação.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.