Google Assistant WaveNet
Google Assistant continua a superiorizar-se aos seus concorrentes

O mercado das Assistentes Virtuais / Inteligências Artificiais encontra-se expansão. Este tipo de tecnologia está cada vez mais presente no nosso quotidiano, com algumas a destacarem-se mais do que outras. Neste momento, são a Google Assistant e a Alexa aquelas que se mostram mais capazes.

Esta conclusão provém de alguns estudos de mercado que têm sido conhecidos nos últimos tempos. Não faltam por aí empresas especializadas a testar estas tecnologias. Tudo com o intuito de tentar fornecer ao consumidor a informação mais credível possível.

Vê ainda: Xiaomi Redmi S2 – imagens reais revelam o novo smartphone Android

Com efeito, temos agora a Stone Temple a colocar lado-a-lado todas as propostas que podemos encontrar no mercado das assistentes virtuais. Esta empresa testou a Alexa, a Cortana na coluna inteligente Invoke, a Google Assistant no Google Home e nos smartphones e ainda a Siri.

Google Assistant continua a dominar este nicho de mercado

Foram-lhes colocadas um total de 4952 questões com o intuito de perceber qual delas será a mais inteligente. Essas conclusões foram fundamentadas em cinco categorias. Nelas inclui-se a capacidade de responder verbalmente, se a resposta veio de um banco de dados ou de fontes terceiras e ainda a sua capacidade de compreender e responder corretamente à questão colocada.

A grande vencedora deste desafio foi a Google Assistant no smartphone. O produto da gigante das pesquisas foi aquele que mais respostas corretas forneceu. Importa frisar que a Google Assistant no Google Home ficou-se pela terceira posição. Dado que levanta alguma surpresa.

Quanto às suas concorrentes, foi a Cortana no Invoke quem ocupou o segundo lugar deste estudo. Depois temos a Alexa em quarto lugar, ao passo que a Siri da Apple ficou em último.

Outro dado que pode levantar algumas questões quanto à credibilidade deste estudo desenvolvido pela Stone Temple é o facto de termos uma Cortana a superiorizar-se à Alexa. Tudo em razão de muitos outros estudos terem atribuído o segundo lugar à assistente virtual da Amazon.

Comprando os dados fornecidos pela mesma empresa em 2017, apenas a Cortana viu um aumento no seu desempenho. A assistente da Microsoft viu subir a percentagem de respostas corretas de 86% para 92.1%.

Embora a percentagem de respostas acertadas por parte da Alexa tenha diminuído, as suas tentativas em responder a uma certa questão subiu 2.7 vezes mais. Já a Cortana foi aquela que registou o menor número de respostas incorretas, seguida de perto pela Google Assistant em ambos os formatos.

A Google Assistant é aquela que recorre a mais fontes externas

Já no que toca ao número de respostas atribuídas a uma fonte terceira, a Google Assistant é novamente a campeã. Um cenário que se verificou em mais de metade das suas respostas.

Do lado inverso temos a Alexa como sendo aquela que menos recorreu a fontes externas. Já a Siri necessitou de recorrer a tal em 20% das ocasiões, mas foi aquela que mais cresceu neste quesito de 2017 para 2018. Já a Cortana no Invoke foi a única que decresceu neste campo.

A surpresa deste relatório parece ser mesmo o bom desempenho obtido pela Cortana. Sinceramente, esperaria que a assistente da Amazon se superiorizasse à da Microsoft. Já os lugares ocupados pela Google Assistant e Siri não representam muita surpresa.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Honor 7X da Huawei começa a receber o Android Oreo no dia 30

Essential Phone – Smartphone Android chegará a cinco novos países

Microsoft. Windows 10 Fall Creators Update está em 92% dos PCs

Fonte | Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.