Google Assistant 2.0 faz aumentar tentação pela compra de um Android (opinião)

Pedro Henrique

De entre inúmeras novidades que a Google apresentou durante a I/O deste ano, uma delas teve que ver com uma nova Google Assistant. Sim, talvez pareça demasiado ousado dizer que se trata de uma nova assistente, mas a verdade é que assim o parece.

A Google Assistant sempre se mostrou mais inovadora e futurista que as concorrentes, como a Siri ou a Alexa, mas nunca no ponto em que o CEO da Google nos mostrou na presente semana. E isso sim, foi algo que proporcionou uma ânsia tremenda pela possível chegada aos equipamentos que usamos diariamente e com o qual queremos contar para solucionar todo o tipo de problemas, nas mais diversas situações.

Google Assistant 2

A Google Assistant 2.0, por sua vez, traz ao consumidor a possibilidade de usufruir de tudo aquilo que a empresa queria proporcionar, em equipamentos menores. Mais rapidez, mais informação, menos tempo perdido entre tarefas.

Demo da Google Assistant parece cena de filme!

De facto, como utilizador da Siri com alguma frequência para saber informações tão básicas como a meteorologia no dia seguinte, a verdade é que as ganas de poder contar com uma verdadeira assistente pessoal são demasiado grandes.

Por exemplo, na passada terça-feira, em vez da clássica questão “qual o tempo para amanhã”, decidi que seria bom colocá-la do seguinte modo: “precisarei de usar guarda-chuva amanhã?. Ora, será esse um pedido demasiado complexo? À partida, a resposta à questão mencionada seria óbvia para a Google Assistant, mas não para a Siri.

E esse é só um exemplo básico do que pretendo mostrar. A Alexa e a Voice Assistant da empresa de Pichai já eram bastante interessantes. No entanto, as novidades desta semana vieram alterar o panorama do jogo e elevá-lo para o nível seguinte.

Que sonho é poder transitar entre aplicações apenas com a voz, instantaneamente. Para não falar que a demo relativa às mensagens no Android foi fantástico.

Como utilizador de um iPhone da Apple, sem dúvida que gostaria de poder recorrer à Google Assistant de uma forma bem mais simples e facilitada. Quem sabe.

Editores 4gnews recomendam:

Pedro Henrique
Pedro Henrique
Fã incondicional de tecnologia e cultura quer partilhar o conhecimento adquirido com todos.