Google pode pagar até 9 mil milhões de dólares à Apple

Rui Bacelar
Google Plus aplicação Android Google Play Store motor de busca apple
Uma enorme quantia para que este se mantenha o motor de busca. ©reuters

Em primeiro lugar, todos os anos a tecnológica de Mountain View, a Google, paga uma certa quantia à Apple para se manter o motor de busca de Cupertino. Todavia, este ano a quantia pode atingir máximos históricos...

Em segundo lugar, com mais de mil milhões de dispositivos móveis iOS ativos em todo o globo, a Google tem que assegurar esta parceria com a Apple. Mais ainda, temos também todos os dispositivos macOS que também utilizam este motor de busca...

Vê ainda: Android Pie continua a ser insignificante no mercado tecnológico móvel

Ora, por outras palavras, para que todo e qualquer dispositivo da Apple continue a utilizar o Google como motor de busca é necessária uma quantia cada vez maior. Certo é que já este procedimento já vem de longe mas não deixa de ser notório o crescimento destas cifras.

Por conseguinte, em 2014 a Google pagou à Apple mil milhões de dólares. Todavia no ano passado (2017) esta quantia foi revista em alta, totalizando 3 mil milhões de dólares. Agora, segundo o analista de mercado Rod Hall, a cifra pode chegar aos 9 mil milhões...

Google deverá manter-se como motor de busca da Apple

Tudo isto para que o Google seja o motor de busca predefinido no browser Safari, utilizado em dispositivos iOS e macOS. Mais ainda, também a Siri se socorre deste motor de busca para as suas pesquisas. Em suma, a pouco e pouco a Apple tornou-se num dos maiores canais de tráfego para a tecnológica de Mountain View e tudo isso vale cada vez mais dinheiro. Importa frisar que as declarações desta analistas foram recentemente divulgadas pela BusinessInsider.

Apple iPhone Xs iOS Google motor de busca
Tim Cook, CEO da tecnológica norte-americana ©reuters

Nesse sentido e segundo os mais recentes dados, o tráfego oriundo de dispositivos da Apple representa perto de metade do volume oriundo de dispositivos móveis. Isto é, com os utilizadores a socorrerem-se cada vez mais dos seus smartphones e tablets, o "mobile" é cada vez mais importante.

A Apple lucra cada vez mais graças também à Google...

Ora, se a Apple e os seus dispositivos são responsáveis por cerca de metade de todos os acessos ao motor de busca Google, é normal vermos esta escalada. Afinal de contas, ambas as empresas estão perfeitamente cientes dos hábitos dos seus utilizadores.

Em suma, apesar de a quantia ser impressionante, os analistas de mercado acreditam que em 2019 os números sejam ainda mais avassaladores. Nesse sentido apontam já a cifra de 12 mil milhões de dólares.

Certo é que até ao momento em que a Google se recuse a aquiescer às exigências de Cupertino esta continuará a lucrar. Todavia, com o público a render-se cada vez mais aos produtos da Apple, dificilmente a gigante de Mountain View descartará este parceiro de negócios.

Já por outro lado, a Apple também está ciente de que a grande maioria dos seus utilizadores poderá não ficar agradada com a utilização de outro motor de busca. Ainda assim, isto poderia representar uma oportunidade para a Microsoft e o seu Bing...

Editores 4gnews recomendam:

Huawei promete smartwatch Android Wear com super autonomia

Xiaomi e Huawei estão a dar uma nova vida ao mercado Android

OnePlus 6T e Huawei Mate 20 Pro, alegada lista de pontuações DxOmark

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.