Snapchat Google
Snapchat poderia pertencer à Google

A Google é uma das empresas mais inovadoras do mundo, devendo isso ao risco associado às decisões que toma. A aquisição do Snapchat, por exemplo, seria uma delas.

Com efeito, já em novembro de 2013 – ano em que o Facebook tentou adquirir a rede social do pequeno fantasminha por 3 mil milhões de dólares -, a Google era da mesma opinião e daí ofereceu 4 mil milhões de dólares à Snap. Contudo, a empresa detentora do Snapchat recusou a proposta.

Vê ainda: Habilita-te a ganhar um Huawei P10 no Patreon da 4gnews

   

E, de facto, talvez tenha sido uma boa jogada, naquela altura. Isto porque, depois da Oferta Pública Inicial (IPO), o Snapchat ficou avaliado em cerca de 24 mil milhões de dólares, quatro anos depois. No entanto, um novo rumor indica que, em maio de 2016, a Google tentou novamente adquirir o Snapchat, sob pena de ouvir mais um “não”.

Nessa altura, a detentora do Android e de muito mais apresentou um valor de 30 mil milhões de dólares, o que deveria agradar a Snap, uma vez que o Snapchat estaria avaliado em apenas, com as devidas aspas, 20 mil milhões. Todavia, e mesmo que o Snap tenha vindo a público dizer que esse rumor é falso, até que ponto não teria sido um bom negócio para a empresa?

Afinal, depois do IPO, o Snapchat passou a valer somente 14 mil milhões de dólares, aproximadamente. E, se for feita uma análise séria, o valor tenderá a descer, ainda que vagarosamente, à medida que o tempo for passando. E quem é o culpado? Bem, o suspeito do costume.

Se a Google tinha interesse no Snapchat é porque valia (muito) a pena…

Depois de ter introduzido aquela que era a alma do Snapchat – as Stories – no Instagram, o grupo Facebook viu os utilizadores, na sua maioria, deixarem a aplicação do pequeno fantasma em troca da rede social das fotografias e vídeos. Mais do que isso, hoje, as Histórias do Instagram têm mais utilizadores ativos diariamente que todo o Snapchat.

Dá que pensar, não? De uma forma bem simples, a Snap conseguiu perder uma oportunidade de negócio inigualável. O seu orgulho e ambição cegaram a empresa que, com base nos rumores, foi capaz de recusar duas propostas de uma gigante da tecnologia e tudo o que a envolve, a Google.

Outros assuntos relevantes:

Nokia 8: aplicação da Câmara confirma dupla-câmara no smartphone

OnePlus 5 – já temos uma grande pista sobre a nova cor do smartphone

LG confirma que o LG V30 irá contar com ecrã OLED de 6 polegadas

ViaPhoneArena
FonteBusiness Insider
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.