Gigabyte confirma acidentalmente janela de lançamento dos novos processadores Intel

Abílio Rodrigues
Comentar

A AMD tem dominado o panorama recente no que ao mercado de processadores diz respeito, mas a Intel olha para 2021 como o ano em que dará início à sua tentativa de recuperar a coroa. Um anúncio da fabricante e parceira Gigabyte veio agora revelar a janela de lançamento dos processadores Rocket Lake-S da Intel.

A Gigabyte anunciou que todas as motherboards com o chipset Z490 compatíveis com tecnologia PCIe 4.0 vão ter suporte para os novos processadores de 11ª geração da Intel. Para isso será necessária uma atualização da BIOS, que será disponibilizada em março deste ano.

Gigabyte revela planos da Intel para 2021

Processadores Intel

Ao revelar a data em que disponibilizará a nova BIOS para as suas placas, a Gigabyte confirmou os rumores de que os CPU Rocket Lake-S de 11ª geração da Intel vão ser lançados no final do primeiro trimestre deste ano.

A nova silicone da Intel será baseada na nova arquitetura Cypress Cove, ao contrário do que a Gigabyte afirma no seu comunicado. Seja como for são excelentes notícias para quem tem uma motherboard Z490 da Gigabyte e pretende fazer um upgrade, já que podem beneficiar do aumento de desempenho sem terem de comprar uma placa mãe nova.

Foram os próprios utilizadores de produtos da Gigabyte que exigiram a compatibilidade com PCIe 4.0. Atenta à sua comunidade, a marca optou por incluir nas suas Z490 controladores compatíveis com essa nova norma para que bastasse atualizar a BIOS de forma a desbloquear as novas funcionalidades.

A Gigabyte aguarda agora apenas a validação do processo de verificação para que possa ter todas as suas ofertas a disponibilizar componentes PCIe 4.0 e compatibilidade com os próximos CPU da Intel.

Produtos Gigabyte estão preparados para a nova geração de CPUs

As motherboards Z490 e H470 da marca que sejam compatíveis com processadores Intel de 10ª e 11ª gerações serão também compatíveis com Resizable Base-Address Register (Resizable BAR), possibilitando um aumento da largura de banda da memória do CPU e GPU em tarefas como videojogos.

O desempenho do processador será assim aumentado pela aceleração da velocidade à qual consegue aceder à memória gráfica GDDR6.

Esta compatibilidade entre diferentes gerações de produtos é uma excelente decisão para os consumidores, que terão apenas de atualizar a BIOS e drivers para poderem tirar todo o partido dos Rocket Lake-S.

Espera-se que estes novos processadores da Intel possam começar a trilhar o caminho para a recuperação da marca, que atravessa uma fase muito difícil depois de ter dominado o mercado durante mais de uma década.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.