Game of Thrones
Falta pouco para o começo da 7.ª temporada de Game of Thrones

Game of Thrones. Dispensa apresentações? Talvez sim, quase de certeza. Contudo, para alguém que não faça a mínima ideia do que se trate, é só a série televisiva mais vista e conhecida do momento, cujo o primeiro episódio foi lançado em abril de 2011 e que, este ano, entrará na sua sétima temporada.

Vê também: Originais Netflix: Brad Pitt é o líder decadente de War Machine

Bom, Game of Thrones é conhecido(a) por ter episódios longos. Eles costumam ser dez por temporada e, nesta que virá já no próximo mês de julho, não teremos tantos quanto gostaríamos. Apenas sete concluirão mais uma temporada. Porém, há algo que não muda e que, para os mais picuinhas, muda para melhor.

   

Isto porquê, de acordo com a própria HBO, não só teremos os habituais episódios com 50 minutos ou um pouco mais, como teremos dois últimos episódios altamente extensos. O primeiro dos dois, o sexto, terá 71 minutos de duração, um pouco mais que uma hora.

O último, por sua vez, será o mais longo de sempre da série e fixar-se-á nos 81 minutos! Muito tempo mesmo, tanto ou mais que alguns filmes bem famosos que todos conhecemos. Será isso bom ou mau? Bem, tendo em consideração todo o histórico de Game of Thrones, mau não será certamente.

81 minutos é obra! Mas justifica-se, afinal é de Game of Thrones que estamos a falar!

De facto, não só é algo bom dado que o número de episódios da nova temporada será menor, bem como será ótimo se tivermos em consideração o último episódio da sexta temporada. Foi, para muitos, o mais épico e completo episódio da série, princialmente se tivermos em consideração aquela vibração que o wildfire (fogo vivo) nos trouxe. Dei por mim a repetir aquela cena uma dezena de vezes.

Por isso, em tom de conclusão, esta informação só vem trazer mais e mais curiosidade e, acima de tudo, mais ansiedade pela sétima temporada da série que não é indiferente para ninguém depois de a ver. Vale mesmo a pena.

Outros artigos relevantes:

Originais Netflix: Brad Pitt é o líder decadente de War Machine

Boruto: Naruto Next Generations – Os 5 primeiros episódios!

Prison Break: pequena análise a uma mão completa de episódios

FonteThe Verge
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.