Galaxy S21 FE pode ser anunciado só em dezembro. Vê o porquê

Paulo Montenegro
Comentar

O Galaxy S21 FE, próximo smartphone da Samsung topo de gama com preço acessível, pode ser mais uma vítima de um problema que afeta atualmente a indústria de componentes para dispositivos eletrónicos.

Estamos a falar da escassez de semicondutores, algo que fez com que diversas gigantes como, por exemplo, a Apple, tivessem os seus planos de lançamento atrasados para diversos produtos.

A própria Samsung também foi vítima desse cenário quando decidiu não lançar novos modelos para a linha Galaxy Note este ano, em decorrência da falta de processadores.

A falta de componentes eletrónicos deve afetar todos os lançamentos futuros da Samsung

Conforme o sítio Sammobile, devido à alta popularidade da linha FE, a coreana decidiu trabalhar num sucessor para o Galaxy S20 FE do ano passado, porém, o lançamento será, de facto, adiado.

A título de informação, o Galaxy S20 FE chegou às lojas no 3.º trimestre do ano passado, mas o cenário diferia naquela altura – agora, dificuldade para a compra dos processadores deve afetar não só este, mas todos os futuros lançamentos.

Ou seja, o topo de gama focado em preço-qualidade deve ser oficializado em algum momento entre os meses de outubro e dezembro.

O atraso do Galaxy S21 FE pode ser uma ótima estratégia de marketing

Deixar o lançamento mais próximo ao final do ano também pode ser uma estratégia da Samsung para alavancar as vendas, vendo que se trata do período de festividades.

Além disso, com o S21 FE atrasado, a coreana pode focar os seus esforços de marketing na linha vindoura de telemóveis dobráveis, o Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3, que devem chegar em agosto.

Para o S21 FE podemos ter um SoC Snapdragon 888, 6 ou 8GB de RAM, 128 ou 256GB de armazenamento, ecrã Super AMOLED de 6,5" a 120 Hz e câmara de 12 MP na traseira.

Editores 4gnews recomendam: