Home Android

Google traz o seu misterioso Fuchsia OS para o Google Pixelbook

Todo este sistema operativo é, de momento, mais uma curiosidade do que propriamente uma ferramenta prática.

Google PixelBook Fuchsia OS
Este é o novo suporte físico onde o sistema operativo está a ser testado

A gigante tecnológica Google dispõe neste momento de três sistema operativos /operacionais. De um lado temos o Android que bem conhecemos. Do outro temos o ChromeOS. Sem esquecer o mais misterioso deles todos, o Fuchsia OS. Apesar de o seu desenvolvimento e programação serem conhecidos (não se baseia no Linux), as suas aplicações e propósito geral continuam envoltas em mistério. Agora, chega ao Google Pixelbook.

Este é o novo suporte físico para o misterioso sistema operativo, o computador / tablet / híbrido que ronda os 1000 dólares. As informações foram avançadas pelo AndroidPolice e também a ArsTechnica cobriu o assunto. Será este o “novo” Android, construído de raíz ou apenas mais um projecto piloto da tecnológica? Para já ainda não podemos responder a essa questão.

Vê ainda: Samsung pode mudar o mundo com estas 3 inovações já em 2018

Para já as informações ainda são muito escassas. Aliás, algumas fontes sugerem que a Google não tem qualquer problema em continuar a trabalhar com programadores independentes no desenvolvimento do Fuchsia OS. Já outras revelam que a tecnológica para já não quer revelar os segredos deste seu novo sistema operativo. As razões para tal também não são conhecidas de momento.

Fuchsia OS chega agora ao Google Pixelbook

De qualquer forma, caso um programador independente queira aventurar-se no Fuchsia OS, o Kit inicial não será propriamente fácil de compreender.

O sistema vai correr num emulador QEMU mas os gráficos necessitarão de suporte Vulcan. Ora, isto é algo que para já o QEMU não oferece. Em suma, não poderás usufruir da interface gráfica do sistema, apenas uma linha de comandos.

Instalar este sistema operativo no Google Pixelbook também não é nada fácil. Terás que seguir estas orientações da Google. Esta recomenda que instales o sistema a partir de uma Pen USB, contudo este processo inutilizará a Pen para qualquer outra tarefa. A menos que a voltes a formatar isto é.

Todo este sistema operativo é, de momento, mais uma curiosidade do que propriamente uma ferramenta prática. De qualquer forma, estaremos atentos a qualquer desenvolvimento.

Assuntos relevantes na 4gnews:

HTC U12 – Topo de gama Android seguirá as tendências de mercado

Lenovo já tem um Android com ecrã 18:9 à imagem do OnePlus 5T

D€AL: Aproveita o Huawei Honor 9 por 274€ (Promocode limitado)

Viaandroidpolice
Fontearstechnica
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).