Fortnite: Epic Games baniu streamer batoteiro com mais de 2 milhões de seguidores!

Vitor Urbano
1 comentário

A Epic Games voltou a "cair em cima" de um reconhecido streamer por fazer batota que utilizava um software "aimbot" durante as suas sessões no Twitch. Jarvis Kaye, membro do FaZe Clan, foi oficialmente banido permanentemente do Fortnite.

O streamer conta com quase 600 mil seguidores no Twitch e quase 2 milhões de subscritores no seu canal do YouTube. Como é óbvio, esta ação da Epic Games não afeta as suas contas nas duas plataformas, mas vai certamente sofrer um grande impacto, visto que não poderá voltar a jogar Fortnite, o jogo que mais destaque conseguiu nas suas plataformas.

Epic Games continua uma apertada guerra contra jogadores que utilizam cheats

Já há algum tempo que "FaZe Jarvis" utilizavam um software 'aimbot' durante as suas sessões de streaming e vídeos no YouTube, julgando ser a forma perfeita de manter os seus seguidores entretidos. No entanto, obviamente que estas ações quebram as mais importantes regras do Fortnite, tornando a experiência de jogo terrível para os seus adversários.

Este tipo de software, atua basicamente como um sistema automático que identifica adversários e coloca a mira de forma extremamente precisa na sua posição. Desta forma, é quase impossível conseguir ganhar a um jogador que utilize este tipo de ferramenta.

I’m going to take accountability for my actions and I understand completely why this has happened, I just wish I had known how severe the consequences were at the time and I would have never thought about doing it. I love all of you who still support me, this is not the end.

— FaZe Jarvis (@liljarviss) 3 de novembro de 2019

Streamer pede desculpa aos seus seguidores e vai tentar reverter a situação

Através de um vídeo na sua conta do YouTube, FaZe Jarvis assumiu responsabilidade pelos seus atos e pediu desculpa aos seus seguidores de forma bastante emocionada. Curiosamente, afirmou que não tinha ideia do quão severas seriam as consequências de utilizar "aimbot" no Fortnite. Qualquer gamer tem perfeita noção do que pode acontecer se for apanhado a fazer batota...

Mas, tudo indica que existe ainda uma réstia de esperança para o streamer. Muitos jogadores de renome têm demonstrado grande apoio para com o jogador, criando a já popular hashtag #FreeJarvis.

O principal argumento para que o ban não seja permanente é o facto de dois jogadores profissionais — Xxif e Ronaldo — tenham apenas recebido uma proibição de competir durante duas semanas. Relembro que estes dois jogadores foram apanhados a fazer batota durante as qualificações para o Campeonato do Mundo de Fortnite, onde estavam em jogo vários milhões de euros em prémios.

Fortnite baniu FaZe Jarvis

Além de terem apenas recebido uma proibição de duas semanas, a mesma apenas estava efetiva para "modos competitivos", não impedindo que os jogadores participassem em sessões não-competitivas. No caso de FaZe Jarvis, nunca utilizou batotas em nenhuma sessão de jogo competitiva.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.