Fitbit quer destronar o Apple Watch com esta nova tecnologia

Carlos Oliveira
Comentar

Quando falamos em smartwatches, o Apple Watch é a atual referência do mercado. No entanto, existem outras marcas com excelente prestação neste segmento, nomeadamente a Fitbit, recentemente adquirida pela Google.

Numa tentativa de melhorar ainda mais os mecanismos de saúde dos seus produtos, a Fitbit está a desenvolver uma nova tecnologia. Esta pretende levar a funcionalidade de eletrocardiograma (ECG) dos seus produtos para outro nível.

Fitbit Sense

Fitbit que monitorizar o teu ritmo cardíaco de forma contínua

A Fitbit já oferece a funcionalidade ECG no Fitbit Sense, assim como o Apple Watch desde o Series 4. Contudo, ambos os dispositivos apenas fazem medições manuais, o que significa que terá se ser o utilizador a despoletar essa medição.

A empresa agora sob a alçada da Google quer eliminar essa limitação. Com o desenvolvimento da tecnologia PPG, a Fitbit pretende criar algo capaz de examinar o teu ritmo cardíaco de forma contínua e automática.

Uma das vantagens da PPG é a possibilidade de fazer medições mesmo enquanto o utilizador estiver a dormir. Caso seja notada alguma anomalia, o wearable irá sensibilizar o utilizador para a realização de um eletrocardiograma manual.

Embora ambas as tecnologias tenham funcionalidades semelhantes, a Fitbit frisa que nenhuma irá substituir a outra. Ambas coexistirão nos seus wearables para oferecer aos utilizadores uma análise mais completa do seu coração.

A razão pela qual a empresa irá notificar os utilizadores para a realização do ECG prende-se inteiramente com uma melhor recetividade dos médicos. Tal como frisa o responsável pelo desenvolvimento desta tecnologia, os profissionais de saúde tendem a acreditar mais nos resultados de um eletrocardiograma.

Funcionalidade PPG está prestes a terminar testes clínicos

Sendo esta uma funcionalidade direcionada para a saúde, primeiramente têm de ser feitos testes à mesma. Dr. Conor Heneghan, diretor de algoritmos da Fitbit, informa que os testes clínicos para a PPG estão perto do seu término.

Concluída com sucesso esta fase experimental, segue-se a necessidade de uma aprovação das entidades reguladoras do setor. Ainda sem previsões para essa autorização, é incerto quando é que o primeiro Fitbit com PPG poderá chegar ao mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.