Firefox quer ser mais segura e privada que o Google Chrome

Vitor Urbano
Mozilla Firefox Google Chrome Privacidade 4gnews
Mozilla Firefox vai em breve ser mais seguro que o Google Chrome

Hoje em dia, a privacidade online é um dos temas mais discutidos em vários níveis. Com todos os escândalos dos últimos tempos, os utilizadores estão cada vez mais preocupados com a sua privacidade online.

Por isso mesmo, o Mozilla Firefox pretende agora de forma implacável proteger os seus utilizadores de qualquer possível invasão de privacidade. Desta forma, o Firefox vai garantidamente tornar-se num browser bastante mais privado que o Google Chrome.

Vê ainda: Firefox segue as pisadas do Google Chrome com a nova atualização

Uma das formas mais eficazes de proteger a tua privacidade, enquanto navegas na internet, é bloqueando o acesso de "ad trackers" (monitores de publicidade) às tuas informações. Já há alguns anos que o Firefox permite aos utilizadores configurar estes acessos. Mas certamente que são muito poucos os que realmente tiram proveito desta funcionalidade.

Por isso mesmo, a empresa decidiu em breve, começar a ativar esta funcionalidade de forma padrão. Esta ação vai trazer mais benefícios do que simplesmente melhorar a segurança e privacidade dos utilizadores. Ao bloquear o acesso destes "ad trackers" vais rapidamente conseguir carregar páginas muito mais rapidamente.

Mozilla Firefox vai ser o browser de eleição para segurança e privacidade

Os utilizadores do versão Nightly (versão de testes) já têm acesso a uma ferramenta que lhes permite bloquear todos os "trackers" que deliberadamente atrasam o carregamento das páginas.

Tal como em todos os testes realizados nesta versão beta do seu browser, a Mozilla vai depois analisar o sucesso e resposta dos utilizadores a esta funcionalidade. Caso se verifique positiva, vai ser depois implementada na versão estável do Firefox. Integrada assim na sua atualização que está agendada para o dia 23 de outubro.

Mozilla Firefox Google Chrome 4gnews

Mas os esforços do Firefox em aumentar a tua segurança e privacidade não se ficam por aqui. Em breve vai também bloquear o acesso à memória interna por parte de "trackers", removendo todas as suas cookies. Vai estar disponível uma opção para bloquear todas as cookies de terceiros, mas por vezes poderá afetar o acesso a vários sites.

Certamente que já viste notícias sobre como vários sites estavam a utilizar scripts para utilizar as capacidades do teu computador para minar criptomoedas. Pois é, muitas vezes sem saberes, poderias estar a contribuir para a fortuna "virtual" de vários sites. A Mozilla quer acabar com isso, planeando implementar no Firefox outra funcionalidade que vai também bloquear todos estes scripts.

Com a ajuda do Firefox ninguém vai minar Bitcoin à tua conta

Por fim, a última novidade que está nos planos do Firefox por agora é obstruir o acesso a trackers que te conseguem identificar através da utilização das propriedades do teu dispositivo (computador, smartphone, portátil, etc.).

Todas estas novas funcionalidades estão a ser desenvolvidas tendo a segurança e privacidade dos seus utilizadores em primeiro plano. Por isso, será de esperar que todas estas funcionalidades sejam implementadas durante os próximos meses. Certo será que o browser vai-se tornar muito mais seguro e privado que o Google Chrome até ao final do ano.

Editores 4gnews recomendam:

Firefox Focus e Microsoft Edge – 2 ótimos browsers na Google Play Store

Google Chrome que tome cuidado, o Firefox Quantum chegou!

Google Chrome 69 trará uma nova característica muito esperada

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.