Fica a conhecer o próximo SoC da Huawei a 64-bits, o Kirin 950

Rui Bacelar

Huawei-KirinOs nomes mais sonantes das fabricantes de processadores para dispositivos móveis são a Qualcomm com os seus Snapdragon's, a Mediatek com as suas alternativas "baratas" e até a Samsung com os seus Exynos que ultimamente têm vindo a superar a concorrência. No entanto, temos mais jogadores neste mundo de nanómetros, núcleos e GHz's, a Huawei é uma dessas marcas e os seus SoC's Kirin têm vindo a melhorar exponencialmente.

Podemos encontrar estes processadores Kirin na maioria dos equipamentos da Huawei, temos por exemplo o Kirin 930 no Huawei Ascend P8 e o Kirin 925 no Huawei Ascend Mate 7 como principais exemplos. E para o futuro, o que nos trazes tu Huawei? A resposta é simples, o próximo processador topo de gama será o Kirin 950, um projecto que há algum tempo que está em desenvolvimento.

Hoje temos mais uma fuga de informação relativamente a este Kirin 950, já tínhamos visto algumas das suas características gerais mas agora temos um panorama mais detalhado com as suas especificações técnicas e pelo que vejo, será uma autêntica força da natureza.

Este Kirin 950 terá uma arquitectura de 64-bits com oito núcleos de processamento, compostos por quatro núcleos Cortex A-53 e quatro Cortex A-72. Em termos de velocidade, o Kirin 950 poderá atingir os 2.4GHz e será acompanhado pela gráfica Mali T880 GPU.

No entanto, as novidades não se ficam por aqui. O Kirin 950 terá também um co-processador dedicado à reprodução de audio, o Tensilica Hi-Fi 4 DSP, prometendo resultados capazes de agradar à maioria dos audiófilos. Terá ainda outro co-processador, que actuará como sensor (localização), ficará encarregue das conectividades e dos mecanismos de segurança de todo o motor de processamento.

Huawei-HiSilicon-Kirin-950-leaked-specs-1.jpg

Por último, ficamos ainda a saber que este Kirin 950 irá suportar memória dual-channel LPDDR4 RAM, UFS 2.0, e armazenamento interno eMMC 5.1. Terá ainda suporte para câmaras fotográficas até 42 MP, LTE categoria 10, USB 3.0 e Bluetooth 4.2.

Há sem dúvida um grande potencial neste Kirin 950, resta apenas saber qual será o primeiro equipamento Huawei a utiliza-lo, quem sabe, o Huawei Mate 8?

Talvez queiras ver:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.