Facebook Messenger WhatsApp Instagram Smartphone
Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

Facebook, WhatsApp, Instagram, Twitter e por aí fora. Atualmente, é bastante difícil ou até impossível viver sem alguma rede social no smartphone ou no computador, quer seja para uso pessoal ou profissional.

Contudo, qual ou quais as redes sociais mais usadas? Ora, numa lista repleta de nomes e logótipos conhecidos, é algo engraçado perceber que, de todas, quatro das cinco mais usadas pertencem ao Facebook.

Vê também: Patente da Apple promete óculos de Realidade Aumentada

   

Com efeito, embora pareça ligeiramente impossível de pensar, o Facebook é utilizado por mais de duas mil milhões de pessoas, sim. Todavia, se adicionarmos os valores referentes ao Facebook Messenger e ao WhatsApp então também há mais de dois mil milhões de utilizadores os usam. E nem sequer estou a contar com o Instagram.

Facebook Instagram Smartphone WhatsApp

Por outro lado, é possível ver que a chinesa Weibo consegue ser mais usada que o Twitter de Donald Trump, passe a expressão. Ou seja, há aqui um claro défice de umas redes sociais face a outras, com um claro e óbvio domínio por parte do grupo de Mark Zuckerberg e companhia.

Facebook ou Twitter? WhatsApp ou Messenger? Tudo igual ou tudo diferente?!

Afina, só o WeChat é que se consegue inserir no TOP5, descongestionando tudo o resto. Por último, quase em último lugar da lista está o Snapchat, menos usado que Pinterest e todo um restante conjunto de aplicações dedicadas a redes sociais.

Assim, para finalizar, pensa na seguinte questão: deveremos nós ter algum cuidado com o Facebook? O mundinho criado por Zuckerberg já está enraizado na sociedade em geral, claramente. Os números falam por si e não mentem. Já agora, qual daquelas redes usas mais? Deixa a tua opinião nos comentários.

Outros assuntos relevantes:

Huawei Mate 10 será um grande concorrente ao Apple iPhone 8

Sucesso dos smartphones? A culpa é dos computadores portáteis da treta

Gucci e Star Trek? Empresa de moda inspira-se na série dos anos 60

FonteBusiness Insider
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.