Facebook: problema no algoritmo promove desinformação no feed de notícias

Mónica Marques
Comentar

De acordo com informações agora divulgadas,o algoritmo do Facebook sofreu uma falha maciça de classificação e estava a promover desinformação em vez de bloqueá-la no feed de notícias dos utilizadores.
Entretanto, o problema já terá sido corrigido e a empresa detentora da rede social veio a público dar explicações.

Feed de notícias dos utilizadores afetado por bug no algoritmo de classificação de informação

Facebook
Um bug terá afetado o algoritmo de classificação de informação da rede social Facebook

Vários órgãos de comunicação estão a noticiar que o algoritmo de classificação de informação da rede social Facebook sofreu uma falha maciça e estava a promover desinformação, em vez de bloquear esse tipo de conteúdo.

A descoberta foi feita por um grupo de engenheiros que detetaram que vários lotes de informação falsa ou desinformação estava a surgir e a ser promovido no feed de notícias dos utilizadores, em vez de ser devidamente bloqueado. E o resultado é que esses conteúdos registaram um aumento de 30% nas visualizações.

Segundo as informações divulgadas, a investigação interna do Facebook revelou que o algoritmo, afetado por um bug, não conseguia impedir que esse tipo de publicação fosse exibido, mesmo que mostrasse imagens de nudez, violência, entre outros.
Entretanto, o problema já terá sido corrigido e o algoritmo de classificação está novamente a funcionar de uma forma (espera-se) correta.

Facebook admite bug e dá explicações sobre o sucedido

Entretanto, a rede social já assumiu publicamente este problema e deu algumas explicações sobre o sucedido. O porta-voz da Meta, Joe Osborne, esclareceu que a empresa “detetou inconsistências na classificação em cinco ocasiões distintas, que se correlacionaram com pequenos aumentos temporários nas métricas internas”.

Por outras palavras, o responsável fala dos referidos lotes de desinformação que tiveram um aumento de 30% nas visualizações.

Ainda segundo Joe Osborne, a rede social rastreou "a causa raiz para um bug de software e aplicámos as correções necessárias. O bug não teve nenhum impacto significativo e a longo prazo nas nossas métricas".

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.