Facebook paga a adolescentes para instalarem uma VPN que os espia

Filipe Alves

O Facebook continua a dar que falar pelas más razões. Foi identificada uma aplicação de VPN do Facebook que paga (literalmente) aos utilizadores para que estes lhes dê permissões para serem espiados.

A aplicação é instalada no iPhone ou Android e chama-se "Facebook Research” e pagava aos utilizadores uma média de 20€ mensais mais um valor de recomendações de outros utilizadores ao estilo de afiliados. Para instalarem a aplicação, utilizadores tinham de se registar em versões Beta de serviços como o Applause, BetaBound e uTest.

Facebook paga a adolescentes para instalarem uma VPN que os espia

A Apple retirou a aplicação da Apple Store por violar as condições. Porém, continua a poder ser instalada adicionando como um "desenvolvedor de confiança" no iPhone. Ainda assim, vale a pena salientar o que esta aplicação fazia.

Facebook tinha acesso até às mensagens privadas do utilizador

De acordo com o TechCrunch a aplicação pedia acesso root. Ou seja, conseguia facilmente aceder a todo o teu histórico, mensagens privadas, notas, emails e muito mais. O que quer que seja. Aliás, a fonte da notícia referiu que em alguns casos a aplicação solicitou aos utilizadores para lhes mandarem capturas de ecrã das suas compras na Amazon.

O Facebook saiu em sua defesa indicando que os utilizadores, que eram maioritariamente dos 13 ao 35 anos, sabiam o que aquela aplicação fazia. Apontou ainda que todos os menores inscritos tinham as devidas autorizações dos pais. (Questiono-me seriamente que um pai queira dar autorização para que a vida do filho seja espiada por uma rede social).

O Facebook já indicou que a aplicação está fora da Apple App Store, porém, ainda continua a ser possível instalar no Android. A App não está disponível na Google Play Store portuguesa, porém, pode ser facilmente instalada como APK.

Em suma, o Facebook voltou a dar que falar pelos mãos motivos. Ainda que a aplicação indique concreta e minuciosamente que está a espiar utilizadores, não deveria autorizar a entrada de menores neste tipo de programa.

Editores 4gnews recomendam:

Samsung revelou oficialmente armazenamento de 1TB para smartphones

Xiaomi Pocophone F1 iguala iPhone 8 em testes de câmara

Apple ignorou adolescente que descobriu o Bug do FaceTime

Via 1 | Via 2

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.