Facebook Messenger está prestes a mudar de design para melhor! Vê como será!

Filipe Alves
Comentar

O Facebook Messenger até pode não ser a melhor e mais segura aplicação de comunicação, porém, é uma das mais utilizadas. Isto porque a maior parte das pessoas que conheces tem Facebook. Ou seja, também tem o Facebook Messenger. Esteja ele instalado no smartphone ou não.

O Facebook finalmente percebeu que a sua aplicação precisava de melhorias e, embora pequenas, estas pequenas mudanças de design são importantes na utilização da aplicação.

Adeus Chatbots e empresas que ninguém quer saber no Facebook Messenger

Uma das melhorias passa pela eliminação de Chatbots e empresas que ficam situadas no canto inferior da aplicação. Esta foi uma medida implementada de forma a trazer mais investimento por parte das empresas no Facebook Messenger, todavia, parece que o foco passará por outro lado.

Como ficará o design do Facebook Messenger

Facebook Messenger novo design

Dessa forma, dada as novas informações, o Facebook Messenger mudará ligeiramente a ideologia da aplicação. Para além das mensagens e dos chats, terás apenas a referência a “pessoas”. Assim que lá clicares serás encaminhado para uma página onde mostrará apenas as Stories dos teus amigos nessa rede social.

Algo que deves saber se usas o Facebook Messenger

Facebook Messenger

Ao contrário do WhatsApp ou outros serviços de aplicações de comunicação, as mensagens, vídeos, mensagens de voz ou fotos enviados no Facebook Messenger não são encriptados ponta-a-ponta.

Ou seja, a vulnerabilidade é maior que numa outra aplicação que utiliza este formato. Porém, poderás ativar a funcionalidade no Chat do Facebook Messenger.

Para isso precisas apenas de ir à conversão, logo depois clicar no “i” do canto superior direito. Por fim cria uma “conversa secreta” com o contacto. Esta é a única forma de saberes que as tuas informações, fotos, vídeos e mensagens ficam seguras de terceiros.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.