Facebook (Messenger) - 4gnews.pt

“Não vais acreditar no que aconteceu!”: este é um título de muitos outros que deverás deixar de ver, ainda que gradualmente, no teu feed de notícias do Facebook.

O Facebook  está a implementar mudanças nos algoritmos para reduzir a distribuição dos títulos que visam apenas o clique por parte dos leitores e que, na verdade, não passam informações sobre a notícia propriamente dita. Para tal, alguns funcionários da empresa de Zuckerberg está a analisar os artigos que são partilhados no Facebook para que possam identificar elementos comuns nestes títulos.

   

Vê também: Clickbait: Não vais acreditar como é fácil chamar a tua atenção!
Portáteis com excelente relação qualidade/preço

Caso este algoritmo que está a ser desenvolvido pela equipa do Facebook identifique que o tema postado é um clickbait, essa publicação vai ver uma queda abruta no seu alcance. “Se é um produtor de conteúdos e posta 50 coisas durante o dia e 48 delas são clickbaits, vai sentir uma queda significante no tráfego e alcance”, disse Adam Mosseri, membro da equipa de Mark Zuckerberg.

Quem não deve, não teme. Hoje em dia, os media vivem muito da divulgação que fazem dos seus artigos e, nesse aspeto, o Facebook é um excelente meio de divulgação de conteúdos. Mas uma coisa é certa, muitos sites de clickbait vão ver as suas visualizações e, consequentemente, os seus lucros caírem drasticamente.

Se não o fizeste, aconselho-te vivamente a ler o artigo mais acima sugerido escrito pelo nosso editor Rui Bacelar, onde ele te explica de uma forma sucinta o que é o clickbait e como é fácil aguçar a tua curiosidade e conseguir o teu clique.

Talvez queiras ver:


Viathe verge
FonteNewsroom
Estudante de Direito e amante de tecnologia. Tudo o que é inovador na vida atrai-me (menos comida muito "fora do normal"). No meio tecnológico, aprecio particularmente smartphones, computadores e automóveis. Integrar a equipa da 4gnews começou por ser um desafio pessoal e agora é um orgulho coletivo.