15356046_10206421206283527_1256159949_n

Desde as eleições presidenciais norte-americanas, tem crescido a pressão sobre o diretor executivo da rede social mais conhecida do mundo, o Facebook, tendo Mark Zuckerberg inicialmente recusado grandes alarmes em volta da onda de noticias falsas que tem crescido desde então. Numa reviravolta de atitudes, Zuckerberg veio mostrar outra face e delinear o plano para combater este problema do feed da rede social.

A solução, ao que a Business Insider conseguiu apurar, tem o nome de Collections (ou, em português, Coleções). A ideia passa por haver por parte do Facebook uma seleção de fontes que sejam consideradas fiáveis, sendo que através destas coleções os utilizadores poderão receber noticias e entretenimento em forma de histórias, algo que fará certamente lembrar uma aplicação bastante conhecida que já terá feito algo muito semelhante, apesar das diferenças entre uma situação e outra (sim, o Snapchat).

   

Ver também: Motorola: Especificações dos próximos Moto G5 e Moto G5 Plus

Esta medida, por muito que soe a rip-off, irá certamente melhorar a experiência do utilizador, sendo que conjugando com os cortes no retorno gerado pelos artigos patrocinados, poderá de facto ajudar a, pelo menos, atenuar este problema que vem crescendo. O gigante das redes sociais tem já trabalhado nas ultimas semanas com companhias de entretenimento e informação no sentido de desenvolver esta nova secção e criar conteúdo para a mesma.

Ao que os primeiros parceiros do novo conceito têm indicado, as Collections irão aparecer diretamente no feed de noticias, o que trará uma ainda maior visibilidade a estas noticias. O destaque que as mesmas terão poderá mesmo baixar o número de artigos patrocinados só de si, o que, se bem aproveitado, contribuirá para uma maior coerência e menor intromissão de conteúdo indesejado.

Por fim, está claro, competição direta com o Discover do Snapchat. Visto diariamente por 150 milhões de utilizadores, será certamente um mercado apetecível de atacar, sendo que esta nova implementação por parte do Facebook terá certamente esta dupla intenção. Ainda não é sabido quando veremos esta nova secção chegar, nem se a mesma incluirá publicidade, pelo que aguardaremos por mais novidades.

Talvez queiras ver:
BlackBerry Mercury com teclado QWERTY, realidade ou ficção?
Microsoft prepara a chegada da Unified Update Platform aos PC's com Windows 10
Apple: Já sabemos qual é a causa dos problemas na bateria dos iPhone 6s