galaxy-note-7-4gnews

Não sou analista de mercado, nem de perto um especialista de marketing, mas é óbvio que o nome da Samsung está manchado devido a estas explosões do Samsung Galaxy Note 7.

A empresa Sul-Coreana emitiu um comunicado oficial para os EUA anunciando a recolha de todos os Samsung Galaxy Note 7, a FAA proibiu Note’s 7 nos aviões e mesmo que a empresa mande rápidas substituições para o mercado, continuamos com a sobrancelha levantada e olhar de desconfiado.

   

Vê ainda: Mais um alegado Galaxy Note 7 leva outro carro às chamas

Quando tive o Note 7 comigo para primeiras impressões (vídeo em baixo) tive o cuidado de poupar os seus 50% de autonomia e evitar ao máximo colocar o telefone a carregar, simplesmente por receio em que o bad boy decidisse meter a fita de kamikaze.

O grande problema da Samsung neste momento passa por restabelecer a confiança dos utilizadores nos seus produtos, principalmente naqueles cujo o nome é “Galaxy”, ou seja, todos eles.

Numa perspectiva de consumidor menos informado neste mundo tecnológico, as únicas palavras que vão decorar desta história toda é que os “Galaxy explodem”.

Para o ano espera-se que o Samsung Galaxy S8 seja anunciado, já se falou que a Samsung poderá antecipar o terminal de forma a dar um impulso às fracas vendas deste Note 7, porém, a minha maior questão é se eles terão a “coragem” (e aqui sim o nome coragem deve ser posto, cof cof Apple) de utilizar o nome Galaxy no seu flagship que lhes dá a maior parte do lucro do ano no sector mobile.

Enquanto muitos olham com desgraça esta situação toda, eu vejo como oportunidade para a Samsung modificar um pouco as coisas no mercado! A empresa Sul-Coreana pode perfeitamente aproveitar para lançar um terminal redesenhado, qualidades diferentes, nome diferente e um marketing diferente.

Desta forma começará um novo ciclo com ideias novas e novas capacidades para se sobressair num mercado com medo de investir no nome "Galaxy".

O iPhone do próximo ano deverá também ele ser totalmente diferente deste iPhone 7. A Apple poderá finalmente nos dar um novo design, uma nova ideologia e quem sabe, uma nova forma de interagirmos com os smartphones. A Samsung tem então com isto a oportunidade de se antecipar à concorrente e fazer uns bons milhões na mudança.

Talvez queiras ver:

Surface Phone: nova patente volta a acalentar o sonho da Microsoft

Novo botão home do iPhone 7 não funcionará caso utilizes luvas

Video: Director da Samsung América pede desculpas e solicita que utilizadores troquem os Note 7

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.