Moto-Z-photos-7

A Lenovo decidiu que a sua linha Moto Z de 2016 não precisa de um jack de 3,5 mm para auscultadores. Nem o Moto Z nem o seu irmão ligeiramente mais espesso, o Moto Z Force, oferecem qualquer tipo de porta de áudio analógica.

Vê ainda: Moto Z Force anunciado oficialmente, elegância indestrutível!

   

Porém, ambos vêm com um adaptador USB-C. Mas afinal o que terá levado a Lenovo a retirar o jack de 3,5 mm? Muito provavelmente, a motivação da Lenovo que teve por trás dessa decisão foi a mesma que a sua rival LeEco, que já havia introduzido essa alteração, conforme aqui a 4gnews avançou. Ou seja, impulsionadas pelo desejo de promover uma maior clareza e qualidade de áudio digital através da porta USB-C é o que move estas empresas nessa decisão.

A evolução e a busca de novas tecnologias que não impliquem ter mais uma porta no smartphone é, a meu ver, um passo em frente. Não obstante da qualidade poder vir a ser inferior através das portas USB-C não me admira nada que a morte do jack de 3,5 mm nos smartphones possa ser o início de uma nova era – que desenvolverá tecnologias capazes de responder aos utilizadores e consumidores de multimédia mais exigentes – que não estará dependente de tecnologias obsoletas e antiquadas.

Talvez queiras ver:

ViaThe Verge
Tech Editor aqui na tua, nossa e vossa 4gnews, onde a tecnologia é falada em Português. Repórter ocasional e legal hacker. Orgulhosamente nascido no ano em que a Word Wide Web foi inventada, a Nintendo lançou o Game Boy, o primeiro episódio dos Simpsons foi para o ar e o Muro de Berlim caiu.