França refere que a Europa devia atuar face ao problema da Huawei

Filipe Alves

Por muito que queiramos focar nos novos gadgets a chegar ao mercado não podemos ignorar o problema que roda à volta da Huawei. A empresa chinesa tem vindo nas capas mundiais e não é por uma boa razão.

Logo depois dos Estados Unidos da América (EUA) terem banido a Huawei e tecnologia da marca do seu país, outros países seguiram o mesmo caminho. Neste momento são alguns países que se questionam até que ponto não deviam seguir o exemplo.

França refere que a Europa devia atuar face ao problema da Huawei

Ainda hoje falámos que a Huawei foi acusada formalmente pelo governo de Donald Trump com 23 acusações. Alegações que incluem roubo de tecnologia, fraude bancária e espionagem.

Huawei na mira da União Europeia

Estas novas acusações chegam como gasolina para o fogo. A Europa ainda não se impôs face à situação, contudo, é muito provável que faça em breve.

A ministra francesa de negócios estrangeiros, Nathalie Loiseau, referiu que a União Europeia deveria atuar face a esta situação da Huawei como "uma só". Ou seja, em vez de deixar os países escolherem se querem ou não introduzir a tecnologia da empresa chinesa na sua rede 5G, ser a União Europeia a tomar uma decisão. Lembro que a Noruega já baniu a tecnologia da Huawei do seu país.

Não estamos a falar de smartphones mas de redes 5G

Ainda que olhemos para a Huawei e pensemos de imediato de smartphones, a conversa aqui é das infraestruturas.

O receio que o "baratinho" 5G da Huawei saia caro existe. A empresa asiática consegue oferecer negócios que os concorrentes não conseguem e começa-se a olhar de lado para a influência do governo de Pequim nestes orçamentos. Ou seja, até que ponto é que a China não terá "uma mão" nos dados de todos os utilizadores que usam as infraestruturas da Huawei?

Podes saber um pouco mais sobre o que se passa e quais os receios do mundo face à Huawei neste pequeno resumo que podes encontrar aqui.

Em conclusão, não há volta a dar. Acredito plenamente que a União Europeia se deva meter no assunto. Mesmo que para tal a evolução do 4G para o 5G atrase. Afinal de contas é a nossa segurança Nacional e privacidade que está em jogo.

Editores 4gnews recomendam:

Vodafone suspende o uso de qualquer tipo de equipamento da Huawei

Agora é a Vodafone! Afinal o que tem o mundo contra a Huawei?

AnTuTu vai-te dizer o quão inteligente é o teu telemóvel

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.