Estudo revela que o Apple Watch pode ajudar a salvar vidas

Carlos Oliveira

Um estudo levado a cabo nos EUA revela que o Apple Watch é realmente uma ferramenta viável na despistagem de possíveis problemas cardíacos. Os resultados foram apresentados numa reunião do Colégio de Cardiologia Americano e revelam que 2.000 dos 400.00 participantes possuíam irregularidades no seu batimento cardíaco.

No entanto, apenas 57% desse universo decidiu recorrer a ajuda médica para averiguar esse problema. Um número manifestamente baixo dada a relevância da situação e que alarmou os profissionais de saúde envolvidos no estudo.

Apple Watch

Nesse sentido, o Dr. Mitesh Patel, da Escola de Medicina Perelman, nota que para além deste aviso o Apple Watch deveria incentivar os utilizadores a buscarem ajuda profissional. Ou seja, a simples notificação de que algo não está correto acaba por ser insuficiente na prevenção eficaz de problemas de coração.

Apple Watch continua a revelar-se num poderoso aliado de saúde

Ainda no contexto deste estudo, é referido que os médicos devem ter alguma cautela na interpretação dos dados fornecidos pelo Apple Watch. Por outras palavras, estes devem realizar exames mais pormenorizados afim de perceberem a verdadeira extensão do problema.

Em todo o caso, este gadget acaba por ser um poderoso aliado na prevenção de doenças cardíacas. Visto que são cada vez mais aqueles que usam um Apple Watch, este tipo de funcionalidades acaba por ser um grande atrativo para a sua venda.

Apple Watch 2

Importa ainda notar que este estudo foi levado a cabo com modelos anteriores ao Apple Watch Series 4. Significa que a possibilidade de realizar eletrocardiogramas não fez parte do rastreio feito neste estudo.

Ora, à luz destas conclusões, o novo Series 4 acaba por ter ainda mais razões para ser adquirido por aqueles que querem uma ferramenta de saúde no seu pulso. A recente aposta neste campo da Apple começa a mostrar resultados e isso só fará com que o seu relógio inteligente tenha ainda mais sucesso no mercado.

Para o futuro, especula-se que este gadget possa ser uma ajuda preciosa para os diabéticos. Segundo o que é referido, o próximo Apple Watch poderá medir os níveis de glicose do sangue sem qualquer procedimento invasivo. A confirmar-se, só terá mais uma razão para que um grande leque de pessoas vejam nele um dispositivo a comprar.

Editores 4gnews recomendam:

Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.